Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM): Iluminação pública continua sendo alvo de críticas no distrito de Nova Cruz, luzes que acende de dia e ficam apagadas de noite e refletor queimado há 2 anos

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Iluminação pública continua sendo alvo de críticas no distrito de Nova Cruz, luzes que acende de dia e ficam apagadas de noite e refletor queimado há 2 anos

|    
(Fotos cedidas pelos moradores)
Já se passaram 6 meses da gestão da prefeita Mary Dias, mas a iluminação pública em especial no distrito de Nova Cruz não foi regularizada, nesse mês de junho, mês em que o distrito recebe vários visitantes e é realizado a festa do São Pedro, nenhuma melhoria na iluminação pública foi feita no distrito.

Até o fechamento dessa reportagem a rua 02 de Julho, uma das avenidas mais movimentadas do distrito apresenta problemas de iluminação, a luz fica acessa durante o dia e durante a noite não acende, cerca de dois postes nesta referida rua estão as escuras.

Os refletores do clube que ajuda a melhorar um pouco a visibilidade da rua da Aurora onde tem um refletor queimado há dois anos.

Os moradores iluminam as ruas com as luzes de suas casas enquanto paga a taxa de iluminação, enquanto as luzes não acendem durante a noite ficam acesas durante o dia.

O responsável sobre a iluminação pública alega que é falta de material que foi feita uma licitação, mas ainda não chegou, mas as justificativas não convencem os moradores.



Publicidade 



 Filomena Tend Tudo, breve em Nova Cruz

O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

Comente com o Facebook:

Deposito de Bebidas São Bernardo

Bebidas, Gelo, Água, Carvão, Descartáveis e muito mais. Aberto todos os dias das 8:00 as 19 horas. Trabalhamos com evento, temos excelentes preços.

Disque entrega: (74)9 99448708 Direção Lais e Robson

AV. Frederico Costa, N 66. Centro, Macajuba BA

Arquivo do blog

Total de Visitas

Relatório de visitas

Volte ao ▲ Topo