Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM): Geddel apoiado a décadas pelo PMDB macajubense está preso na polícia Federal, saiba como o assunto repercutiu no município

sábado, 9 de setembro de 2017

Geddel apoiado a décadas pelo PMDB macajubense está preso na polícia Federal, saiba como o assunto repercutiu no município

|    




Quem não lembra da música de Geddel lá pelos anos de 2002, “Geddel Viera Lima um nome serio no congresso nacional” quem é Macaubense e acompanha a política há alguns anos sabe que Geddel foi um líder político de grande expressão no município, sempre com uma boa relação com o saudoso Fernão, não podemos negar que muitas obras do município tiveram o apoio de Geddel.

Mais nos últimos dias os pemedebistas locais demonstram-se decepcionado com um dos maiores escândalos da política nacional, que foi as malas de dinheiro no suposto apartamento de Geddel e a prisão do ex-ministro.

O assunto que foi o mais comentado da semana em todo o Brasil também não passou em branco no município de Macajuba, nas ruas e nas redes socais o assunto foi motivo de piada, no Grupo do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM) de WhatsApp os debates sobre o assunto foram constantes e permanece até em pleno sábado (09).

Está foto de Geddel com líderes do PMDB local, incluindo o saudoso Fernão e Dona Mary, atual prefeita do município, tirada em Macajuba há alguns anos atrás, foi compartilhada nas redes sociais e gerou polêmica.
(Foto: Divulgada nas redes sociais)
Já na sessão da Câmara desta sexta-feira, 08 de setembro de 2017, Everaldo (PT) que faz oposição ao PMDB local, não deixou passar batido e falou quase os 10 minutos da tribuna sobre a prisão de Geddel e aproveitou pala lixar os adversários políticos locais.

Veja a fala de Everaldo:


Ivanbergue Pamponet, presidente da Câmara, filiado ao PMDB há cerca de 2 anos, também comentou sobre o assunto, reconheceu o erro de Geddel, mas disse que já se enganou com outros políticos também.

O assunto continua repercutindo, o vereador Allison Santana, questionado por cidadãos no grupo do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM) no WhatsApp, postou: “Não mim arrependo em nenhum momento de fazer parte do PMDB pois já fui bem claro em outros comentários por mim aqui postados agora lhe digo que Geddel enquanto deputado fez muito mais do que todos os deputados de esquerda que já obtiveram votos aqui em Macajuba hoje se ele errou que pague pelos seus erros. ” Escreveu o vereador.

Entenda o caso:

O ex-ministro Geddel Vieira Lima foi detido na manhã desta sexta-feira. 08 de setembro de 2017, por equipes da Polícia Federal em sua casa, no bairro Chame-Chame, em Salvador. Os policais chegaram ao imóvel por volta de 5h30 e saíram de lá as 7h. Geddel foi levado no banco de trás do carro e, mesmo com os vidros fechados, tentou cobrir o rosto. O delegado da PF Marlon Cajado, responsável pelas investigações da Operação Cui Bono, que pediu a prisão preventiva do ex-ministro que já cumpria prisão domiciliar.

Alguns moradores da rua Plínio Moscoso, onde fica o Condomínio Pedra do Valle, nº64, acompanharam a saída da PF. Segundo a TV Bahia, um vendedor ambulante que estava na rua no momento da chegada dos policiais foi levado para dentro do prédio para servir de testemunha. Um funcionário do prédio também foi levado como testemunha.

A prisão de Geddel de hoje faz parte da quarta fase da operação Operação Cui Bono. Além do ex-ministro, há um mandado de prisão contra Gustavo Ferraz, que é acusado de envolvimento com o político baiano. Há também outros três mandados de busca e apreensão. 

Na terça-feira (5) a PF flagrou mais de dez caixas e malas com R$ 51 milhões dinheiro em espécie em um imóvel que seria usado pelo ex-ministro para esconder as notas no bairro da Graça, em Salvador. A PF precisou de 14 horas para contar o dinheiro em sete máquinas bancárias para fazer a contagem. O dinheiro foi depositado em uma conta judicial.
A PF possui quatro provas que reforçariam a ligação Geddel com o dinheiro. A perícia encontrou impressões digitais de Geddel em malas e caixas onde estavam estocadas as cédulas no apartamento.


O proprietário do imóvel confirmou à PF, em depoimento na capital baiana, que emprestou o imóvel a Geddel. Silvio Silveira teria cedido o apartamento para que o político guardasse os pertences do pai, que morreu no ano passado. No depoimento, Silveira disse não saber da real intenção do ex-ministro quando solicitou o empréstimo do apartamento.






Publicidade

 Filomena Tend Tudo, breve em Nova Cruz

O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

Comente com o Facebook:

Deposito de Bebidas São Bernardo

Bebidas, Gelo, Água, Carvão, Descartáveis e muito mais. Aberto todos os dias das 8:00 as 19 horas. Trabalhamos com evento, temos excelentes preços.

Disque entrega: (74)9 99448708 Direção Lais e Robson

AV. Frederico Costa, N 66. Centro, Macajuba BA

Arquivo do blog

Total de Visitas

Relatório de visitas

Volte ao ▲ Topo