quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Palestra realizada pela secretaria de saúde sobre Chikungunya traz vários esclarecimentos e demonstração de uma doença perigosa

(Imagem da palestra)

Na tarde desta segunda-feira dia (20) a secretaria de saúde de Macajuba juntamente com a 18ª Dires, realizou uma palestra sobre o vírus Chikungunya, a nova doença que entrou no Brasil pelo estado da Bahia, o evento foi realizado na escola José Sampaio do Lago.

Transmitida pelo Aedes aegypt, o mesmo mosquito transmissor da dengue, a nova doença Chikungunya, está causando medo nas pessoas Baianas, com sintomas parecidos com a dengue, em algumas cidades Baianas já foi comprovado casos da doença e até na Capital do Estado, a cidade que registrou maior números de casos até agora foi Feira de Santana.
O ideal para evitar o Chikungunya é o cuidado com água parada, mesmo cuidado que se deve ter com a dengue.

Os casos de Chikungunya poderão ser atendidos nos postos da atenção básica da rede municipal e não há necessidade de buscas em hospitais porque os sintomas são os mesmos da dengue, como dores nas articulações, febre, cefaleia e vermelhidão na pele.

Foram explicados na palestra os sintomas, forma de tratamento e prevenção, esteve presente Taiz coordenadora de atenção básica, Martonho secretário de saúde, Dr Wilson médico do município, agentes de saúde e endemias, os Blogs locais e ainda Maristela e Manuela da 18ª Dires.

Apesar de ser parecida com a dengue a Chikungunya pode deixa sequelas piores e encolher o corpo, idosos ou pessoas com problemas físicos pode ser mais agravante.


A maior prevenção é evitar agua parada, vários assuntos foram explanados na palestra que foi muito proveitosa, foi explicado que o tratamento não é necessário ir para os grandes centros, pois os recursos são os mesmos, as pessoas presentes tiraram suas dúvidas, entre elas a secretária de ação social a Sra. Aninha que disse é bom que fique claro que o caso dessa doença não adianta levar para outra cidade para depois a família e a rede de comunicação não ficar culpando a saúde do município, supostamente a secretária, deu uma indireta ao Blog Deixa Comigo Macajuba, que há meses atrás fez uma matéria de uma senhora que não conseguia vaga para fazer cirurgia.

Só excrescendo o que foi dito pela senhora Aninha, não tem nada ver uma coisa com a outra, uma coisa é o Chikungunya, que não adianta levar para os grandes centros, outra coisa é alguém está com fraturas sofrendo esperando uma vaga para ser operado, claro que isso depende da regulação, mas nos casos mostrados no Blog, houve também falhas do hospital com pacientes.



 Essa rede de comunicação é a voz do povo e estamos aqui para colaborar, pois foi o primeiro veículo de comunicação de Macajuba a falar com muita prioridade sobre o Chikungunya, este foi só um esclarecimento para a secretaria de ação social, pois nossa reportagem estava lá cumprindo com meu papel e não ouvir indiretas, não respondi na hora por questão ética e preferir responder aqui no Blog, espero que tenha ficado claro.


Quanto a palestra foi maravilhosa e esclarecedora, agradecemos a Senhora Taize e o secretário de saúde o Sr. Martonho, pelo convite e estamos à disposição.
 Graças a Deus ainda não teve nem um caso de o Chikungunya em Macajuba.

Esse é Blog Deixa Comigo Macajuba, cumprindo com seu papel de informação.

Curta Nossa Pagina no Facebook








Deixe Seu Comentário sobre essa matéria

Publicidade Google

Publicidade Google