Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM)

Ouça agora: Web Rádio DCM, A primeira rádio online de Macajuba, filiada a Rede Somzoomsat

segunda-feira, 20 de maio de 2019

Conselheiros Tutelares de Macajuba fizeram Campanha do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

|    


Os Conselheiros Tutelares de Macajuba, em função do dia 18 de maio dia de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, campanha está que acontece todos os anos em várias cidades do Brasil, com o objetivo de sensibilizar e mobilizar a população para enfrentamento do tema.



Os mesmos distribuíram panfletos informativo e com carro de som foram divulgadas vinhetas na feira livre do mercado municipal da cidade como forma de informação e de prevenção.


De acordo com os dados da Secretaria de Direitos Humanos, é assustador o número de casos de violência sexual contra crianças e adolescentes no país.

A violência contra população infanto-Juvenil está presente em todas as partes do mundo, sem exceção, ela apresenta causas complexas e pode se manifestar de diversas formas; físicas, psicológicas, sexuais, ou até mesmo por negligencia. Além disso este tipo de violência está relacionado tanto a questões sociais, econômicas quanto a culturais.


Por se tratar de um tema tão delicado e complexo de nossa sociedade, para enfrentar a violência sexual, torna-se imprescindível um olhar atento de toda a sociedade. Desta forma, certamente, faz-se necessária articulações com diferentes setores da sociedade, para uma rede de proteção à criança e o adolescente.


Portanto, é dever de todos prevenir a ocorrência de ameaça ou violação dos direitos de crianças e adolescentes.


Formas de como denunciar:


Disque 100, Conselho Tutelar 3259-2093 ou procure a Delegacia de Polícia de sua cidade.



Agradecimentos a Bita do Paredão ao Portal Macajuba acontece e a toda comunidade.


Fonte: Conselho Tutelar.

Publicidade

domingo, 19 de maio de 2019

Acidente na estrada de Nova Cruz no início da noite deste domingo (19)

|    


Na noite deste domingo, 19 de maio de 2019, aconteceu na estrada de Nova Cruz a Macajuba, uma caminhonete Hilux, bateu em uma arvore que tem em frente a uma Fazenda conhecida como a Fazenda de Dr. Luiz, segundo informações de internautas.

O comerciante Ua, que estava no carro teve ferimentos na cabeça, está no Hospital de Macajuba, já o outro ocupante do carro, Bau, teve fraturas e foi transferido para Feira de Santana, Dudé também teve fraturas e também foi transferido, já o ocupante conhecido Bolinha, teve fratura no braço.

A informação foi passada ao Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM) por membro da família.

Do Plantão Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM)






Publicidade

Entenda cabelo cacheado não é moda ele é uma característica genética e sempre existiu, leia este texto e saiba mais

|    
© Unsplash

Muitas vezes fazemos comentários que achamos ser inofensivos, porém, não temos ideia do quão profundos e invasivos eles podem ser. Se você, alguma vez, já disse para alguém que o cabelo cacheado dessa pessoa era “moda”, esse texto é para você. Leia e entenda porque você deveria mudar os seus hábitos e repensar esse tipo de comentário, ok?!

Primeiro, porque cabelo cacheado não está na moda, ele é uma característica genética e sempre existiu

Não há como dizer que uma característica física e genética é um aparato da moda. Isso porque o cabelo crespo, assim como o liso, sempre existiu. Entretanto, os padrões de beleza da sociedade nunca permitiram que as pessoas de cabelos cacheados usassem os seus fios naturais livremente, sem que passassem por um julgamento social, olhares, desprezo e até mesmo xingamentos. Por esse motivo é que cacheadas e cacheados passaram anos sem serem vistos aos montes por aí, pois tinham que esconder a sua característica genética por baixo de um cabelo alisado com química ou prancha. Portanto, não, o cabelo cacheado não é moda.

Quem tem cabelo cacheado não assumiu seus cachos porque queria “estar na moda”

, Exibir os cachos hoje não tem nada a ver com moda. As pessoas de cabelos cacheados agora se sentem um pouco mais livres para assumir os seus cachos e suas origens porque finalmente estão conseguindo se libertar de anos de ditadura capilar em que apenas o cabelo liso era aceitável. Poder usar o cabelo natural finalmente é uma vitória para os cacheados, resultado de anos de luta por equidade social, luta essa que ainda está muito longe de terminar, mas já deu grandes passos. Dizer que o resultado das lutas de alguém na verdade é apenas “entrar na moda” é algo muito ofensivo.

Uma cacheada não vai deixar de ser cacheada se a “moda” passar

Primeiro porque historicamente ela sofreu muito para conquistar o direito de usar o seu cabelo cacheado, muitas também batalharam demais durante a transição capilar para recuperar os cachos depois de anos de química. Portanto, jamais largariam todo esse esforço por algum tipo de “moda”. Sem mencionar que mesmo se ela decidir usar o cabelo alisado em algum momento, será simplesmente porque ela quis e não porque “a moda cacheada passou”. E, por fim, o cabelo cacheado é genético, estará sempre com ela, não é uma moda que dá para passar.

Antes de dizer algo assim, avalie se você sabe o que essa pessoa já passou por não poder usar o seu cabelo natural

Se o seu cabelo é liso, com certeza você nunca passou por nenhum tipo de discriminação em termos históricos e não sabe o que é ser obrigado a alisar o cabelo para ser minimamente aceito pela sociedade. Não sabe o que é perder uma vaga de emprego pelo seu cabelo, não sabe o que é se submeter a químicas de alisamento quando ainda era criança, você não sabe… Nesse momento é importante ser empático com a dor do outro e pensar duas vezes em dizer que tudo o que essa pessoa passou é diminuído a uma simples “moda”. Caso você tenha cabelo cacheado natural, que tal pensar melhor sobre tudo o que você mesma (o) passou e, mesmo que não te incomode, vale respeitar a maneira como os outros sentem as coisas, afinal, ninguém é igual a ninguém.

Usar o cabelo cacheado é um ato de resistência e não de moda

Mesmo hoje com o movimento de empoderamento do cabelo cacheado, levantar da cama e sair com os seus cachos na rua ainda é um ato de resistência. É resistir ao olhares tortos, às piadas infames, às humilhações e até mesmo aos comentários mais impróprios, portanto, certamente uma batalha como essa não pode ser chamada de moda.

Assumir os cachos é amar as suas origens e a sua ancestralidade, não tem nada a ver com moda

Aprender a amar as suas origens, o próprio cabelo, em especial quando historicamente o mundo dizia que ele era feio, é um exercício duro, lento e diário. É uma maneira de se redescobrir, se aceitar quem você é, do jeito que é. Fazer isso é recuperar aos poucos o amor próprio, é estimular a autoestima, tão fragilizada pela sociedade ao longos dos anos, portanto, está longe de ser moda.
Esperamos que esse texto tenha lhe ajudado a refletir um pouco sobre o quanto as palavras são fortes e sobre o significado do cabelo cacheado. Às vezes, é muito melhor ficar em silêncio do que ofender alguém. Na dúvida, reflita sobre o que passa na sua cabeça e tente decidir se realmente vale a pena seguir em frente com esse comentário.


Publicidade

Alunos do 1º Ano Vespertino apresentarão peça teatral "Dona Flor e Seus Dois Maridos" no Colégio Estadual de Macajuba 💃🏻🕺🏻🕺🏻

|    


Os Alunos do Colégio Estadual Carlito de Carvalho têm a honra de convidá-los para assistirem à peça de teatro da Obra de Jorge Amado “Dona Flor e Seus Dois Maridos”, que acontecerá na segunda-feira 20 de maio de 2019, a partir das 14:00 no ginásio do CECC.

A entrada é gratuita.

Com informações Macajuba Acontece

Publicidade

Deposito de Bebidas São Bernardo

Bebidas, Gelo, Água, Carvão, Descartáveis e muito mais. Aberto todos os dias das 8:00 as 19 horas. Trabalhamos com evento, além de cerveja, frios.

Temos excelentes preços. Disque entrega: (74)9 99448708 Aceitamos cartão de credito e debito

Direção: Lais e Robson. AV. Frederico Costa, N 66. Centro, Macajuba BA

Arquivo do blog

Total de Visitas

Volte ao ▲ Topo