quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

DENÚNCIA! CIDADÃ MACAJUBENSE DIZ PAGAR R$ 80,00 (OITENTA REAIS) E ÁGUA NÃO CAI.

(Imagem Ilustrativa)

Mais uma vez a  EMBASA é alvo de reclamação. 

Dessa vez foi a Sra. Áurea da Silva Santos Bezerra, dona de um sitio próximo à estrada que liga Nova Cruz a Santa Luzia, onde há um mês atrás ficou muitos dias sem água

Ela enviou para nossa reportagem duas contas de água.  Uma delas com valor de R$ 88,52 (Oitenta e oito reais e cinquenta e dois centavos), a outra com valor de R$ 51,01 (cinquenta e um reais e um centavo). Segundo ela a água quase não cai em seu sitio e que não tem motivo de  a conta vir com esses valores absurdos.


Esse problema de abastecimento de água no sítio de dona Áurea, persiste há muito tempo e revoltada com a situação, chama a atenção das autoridades de Macajuba para que resolvam logo e que caso isso não aconteça, levará o caso ao conhecimento do Ministério Publico, para que este tome as medidas cabíveis.

Isso é vergonhoso e fere o Código de Defesa do Consumidor.

Que papelão esse da Embasa! 

Veja abaixo a cópia das contas de água enviadas por  dona Áurea ao Blog do Povo macajubense.


(Clique nas Imagens Para vê melhor)






 









ATENÇÃO!

Senhores leitores, seus comentários são de suma importância para o nosso trabalho.                                 
              

Há várias formas de comentar em nosso Blog:

Pela sua conta do seu Facebook (onde seu comentário é liberado na hora), pois não é possível a gente controlar.

Os comentários com ofensas pessoais ou palavras de baixo calão serão excluídos.

Podem comentar de maneira anônima ou pela conta do Google.

Os comentários anônimos, serão devidamente analisados e caso seja constatado não ofensivo à dignidade da pessoa, serão publicados.

Obrigado! Por sua participação.

Repórter: Cristiano Silva

Redator: Jailson Ribeiro.



Publicidade Google

Publicidade Google

A Esther Top Modas conta com moda Masculino, Feminino Adulto e infantil com preço q cabe no seu bolso, venha conferir! Localizada no calçadão em frente e a lotérica, funcionado de Segunda a Sábado.

Organização: Jean Silva.