terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Sessão da câmara de Macajuba! Presidente recua não coloca projeto polêmico em votação e suas explicações não convencem a sociedade

(Imagem da sessão do dia 1 de Dezembro)
Como foi esperada a sessão da câmara municipal de Macajuba desta segunda-feira dia 1 foi lotada, pois seria votado o projeto de lei que aumentava em 10% ou 12 a conta de luz para custeio da iluminação pública, depois da reportagem do Blog Deixa Comigo Macajuba e a repercussão nas redes sociais, muitos Macajubense compareceram a câmara para pressionar aos vereadores serem contra o projeto.

(Imagem de algumas pessoas que compareceram a sessão)
Quando abril a sessão o presidente Alison, avisou que o prefeito estaria disponível para juntamente com o Banco do Brasil colocar um lugar provisório para atender o povo.

Meio contrariado com a repercussão feita pelo povo, Alison Santana começou a falar do projeto justificando que as informações divulgadas nas redes sociais foram infundadas, não colocou o projeto em votação e prometeu realizar uma audiência pública.

Os vereadores de oposição fizeram críticas ao projeto dizendo ser prejudicial a sociedade, Zé Filho, falou que tem pessoas que nem tem dinheiro para pagar uma conta de luz imagine aumentado o preço, Neto Macedo e Hugo também criticaram sobre o projeto defendendo a sociedade.

Neto Macêdo deixou um frase de reflexão muito bonita que você pode conferir no vídeo de sua fala abaixo dessa reportagem.

Já Ivan, disse que o projeto deve ser conhecido e explicou sobre o mesmo.

Os vereadores Adenor Brandão (Toi) e Alison Santana falaram a favor do projeto e disseram que as informações foram divulgas erradas, dessa vez a boa lábia de Alison que defende muito o prefeito não funcionou e o presidente entrou em contradição várias vezes ao falar sobre o projeto, ele próprio para bom entendedor admitiu que o projeto deve ser revisto, pois o mesmo disse que acompanhará um projeto semelhante em Ruy Barbosa para fazer o modelo, apesar de Alison ter tentado destorcer os fatos o cidadão Macajubense entendeu que a divulgação nas redes sociais foi correta e não teve nada destorcida.

Quando Alison disse que o dinheiro da taxa seria de volta para o povo Cristiano Silva se manifestou dizendo: depende, então Alison disse: pelo fato de ser Blogueiro o cidadão não deveria ter se manifestado.

Outro assunto comentado pelos vereadores Neto Macêdo e Zé Filho foi a transferência de setor do funcionário Celio concursado há vários anos, o vereador Zé Filho, fez críticas de interesse da comunidade a atual gestão e disse das 4 gestões do Sr. Fernão essa está sendo a pior.

Os vereadores Neto da Ambulância e Vanda não se pronunciaram na sessão desta segunda- feira dia 1  e João Cintra está de atestado e não compareceu.

Opinião! Quem acompanha o Blog sabe que tenho evitado expor comentários, apenas no Editorial, mas como profissional de imprensa e formador de opinião quero aqui falar um pouco desse projeto, o primeiro ponto é sobre a reclamação do presidente quando pensei alto e disse depende, antes de ser Blogueiro, sou um cidadão, não falei alto que pudesse atrapalhar e não falei palavrão, talvez se fosse um cidadão comum ele não teria dito nada, mas como foi o Blogueiro Cristiano Silva ele falou para quem está ouvindo pelo rádio dá uma impressão que eu estaria atrapalhando a sessão é uma estratégia dele.

Quando eu digo depende é porque o prefeito pode muito bem usar o dinheiro dessa taxa se caso for aprovada para outros fins.

Por fim quero dizer que não teve nada de divulgação errada e que o que foi divulgado no Blog foi de uma cópia do projeto.

E Que somos a voz do povo e não a voz do prefeito, as palavras do presidente Alison sobre esse projeto não convence.

Com uma simples pergunta eu resumo tudo, se o projeto era bom para o povo porque tanta dúvida e tanta contradição por parte do presidente da câmara?

Abaixo você acompanha a fala dos vereadores Ivan Pamponet, Neto Macêdo e Hugo Macêdo.

Neto Macêdo
                                                                                                                                                                                                         
 Ivan Pamponet                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                             Hugo Macêdo                                   


Curta Nossa Pagina no Facebook








Comente a matéria na opção comentários a baixo

Publicidade Google

Publicidade Google