quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Em pé de guerra! Prefeito de Macajuba ameaça processar mídia local e vereador

(Imagem do prefeito de Macajuba,Foto: Facebook)
Desde que demitiu vários funcionários da prefeitura de Macajuba no final de 2014, a mídia local divulgou, porem o prefeito Fernão não gostou nem um pouco, no final de dezembro ele convocou uma reunião com os prestadores de serviço para falar sobre o assunto.

Em sua fala o prefeito Fernão chamou de moleque quem ia pra Blogs, Rádios e rede sociais e desmentiu as informações passadas pela mídia local, as palavras do prefeito geou desconforto em alguns Blogueiros da cidade, Cristiano Silva coordenador do Blog Deixa Comigo Macajuba retrucou as palavras do prefeito no seu grupo do WhatsAPP dizendo eu não sou moleque, minutos depois prepostos da prefeitura disseram ligaram dizendo que Fernão não teria se referido ao Bloguiero Cristiano Silva.

Na matéria sobre o assunto demissão, O Blog Deixa Comigo Macajuba colocou as críticas do povo, os dados publicados pelo Blogueiro Leandro de Souza e uma frase na foto do prefeito escrita "dei o mel depois o fel", isso porquê o prefeito teria feito uma festa para os funcionários dias antes das demissões, porem O Blog Deixa Comigo Macajuba deixou o espaço aberto para o prefeito e se explicar.


Mas o assunto demissões não param por aí O Blogueiro Leandro de Souza do Blog Macajuba Informa recebeu uma carta do prefeito Fernão ameaçando processa-lo se caso o mesmo não se retratasse.

João Cintra o vereador que se desentendeu com o prefeito contou a nossa reportagem que também recebeu uma carta enviada pelo prefeito após o vereador ter ido a imprensa e falado sobre as demissões.

Já o coordenador do Blog Deixa Comigo Macajuba Cristiano Silva até o momento não recebeu nem uma notificação do prefeito.

Em nota a direção do Blog Deixa Comigo Macajuba, esclarece que não infringiu a lei, não ha necessidade de ódio e rancor do prefeito para com a mídia, pois se ele acha que as informações não foram de acordo com a realidade, o espaço nunca foi negado para ele se explicar, ele deveria agradecer os meios de comunicação que tem em nossa cidade ao invés de ficar atacando, onde tem tantos assuntos para ele resolver, em vez de ficar querendo calar os meios de comunicação é bem mais fácil ir em busca de soluções dos problemas que neles são mostrado.

 O coordenador do Blog Deixa Comigo Macajuba finaliza dizendo essa expressão moleque não me atinge tenho convicção do meu trabalho.  

Leandro de Souza do Blog Macajuba Informa publicou uma matéria falando sobre a ameaça do prefeito em processa-lo.

Veja a matéria

No mês de dezembro o blog Macajuba Informa expôs a população macajubense dados extraídos do Diário Oficial da Prefeitura, que está hospedado no site do IBDM (Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Municipal). Segundo esses dados, no final de outubro o município estava operando com aproximadamente 51,28% de gastos com pessoal, enquanto que o percentual máximo permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal é de 54%.

Essa matéria parece ter causado um imenso desconforto ao prefeito Fernão, pois, no dia 2 de janeiro desse ano, eu recebi um documento da Prefeitura, assinado pelo prefeito, no qual ele me notifica a uma retratação perante a sociedade em decorrência daquela publicação. Demorei para fazer uma matéria sobre o assunto porque primeiro eu precisei me resguardar juridicamente e, por isso, resolvi expor esse fato apenas hoje.

Em sua “notificação” o prefeito Fernão, reiteradas vezes, afirmou que eu o chamei de mentiroso no texto que postei no blog, em dezembro de 2014, argumentando sobre os gastos com pessoal. Basta ler o texto para constatar que em nenhum momento o adjetivo “mentiroso” foi utilizado naquela publicação.

Além de ter suscitado essa falsa acusação, a notificação do prefeito me sugeria duas possibilidades: retratação pública com pedido de desculpas ouprovar documentalmente o que foi exposto no texto que publiquei no blog. Caso a medida não fosse tomada o prefeito Fernão ajuizaria ações judiciais nas varas cível e penal por danos morais, injúria e difamação.

Obviamente, como sempre busquei pautar a construção dos meus textos em argumentos sólidos, legais e de fontes oficiais, eu preferi provar documentalmente aquilo que havia escrito e publicado. Para isso, juntei páginas do Diário Oficial da Prefeitura, publicado no portal IBDM e trechos da Lei de Responsabilidade Fiscal, os quais discorrem sobre os gastos com pessoal e encaminhei junto com o texto em questão para o senhor prefeito, para que ele pudesse rever a sua atitude.

Espero que esses documentos tenham sido suficientes, pois todos foram impressos de fontes oficiais. Ainda assim, vale lembrar que se existe alguma divergência no valor que foi publicado no Diário Oficial da Prefeitura a culpa não é minha. Eu apenas compilei os dados contidos no Diário e cruzei com aquilo que prevê a Lei de Responsabilidade Fiscal, para que assim pudesse levar ao conhecimento da população outra visão sobre os fatos das demissões.

Ainda sobre o documento enviado pelo prefeito me chamou a atenção o texto que ele enviou em anexo a “notificação”. Nesse texto o prefeito utiliza-se de argumentos políticos, agressivos e raivosos, comuns a candidatos em campanha. Nota-se com isso que a mentalidade política do prefeito ainda continua em campanha, lamentavelmente.

O prefeito está pretendendo me processar por algo que não fiz, pois, como já mencionei, anteriormente, eu não o adjetivei de “mentiroso”, como ele afirma e, também, não publiquei nenhuma inverdade. O que fiz naquele texto foi desconstruir os argumentos do prefeito que pregavam a necessidade das demissões, sendo que os dados publicados pela própria Prefeitura mostravam o contrário. A seguir trechos do Diário Oficial que mostram que as minhas afirmações possuem fundamentos:

ATENÇÃO: Clique nas imagens para ampliá-las.



Macajuba vive novos tempos e o poder da informação não deve ser desprezado jamais. Os meios de comunicação e o aumento no rigor das leis de fiscalização da administração pública tiraram o cidadão da posição de mero espectador e possibilitaram que ele se tornasse um agente participativo no processo de gestão pública. Por isso, amigo leitor, tenha internalizada a certeza de que todos podemos lutar por melhorias em nossa cidade, basta querer. 

Além disso, não devemos esquecer que o Brasil vive em um regime político democrático e o direito a liberdade de expressão é assegurado pela Constituição Federal. Estou ciente de que não feri, nem infringi nenhuma lei, por isso, não vejo motivos para essa atitude intempestiva do prefeito. Esse tipo de atitude demonstra claramente a necessidade de repressão aos que contestam ou divergem do seu pensamento. Chega de censura! O povo está acordando cada vez mais e não será conivente a esse tipo de prática.

É O Blog Deixa Comigo Macajuba O Blog do Povo Macajubense

Curta Nossa Pagina no Facebook








Comente a matéria na opção comentários a baixo

Mais uma estrada da zona rural de Macajuba precisa de recuperação

(Imagem da estrada da Fazenda São Geraldo em Macajuba)
Como já é do conhecimento de todos a prefeitura municipal de Macajuba vem fazendo o mutirão de limpeza em todo município em Nova Cruz várias ruas foram limpas e tiveram os buracos tapados.

Mais algumas reclamações continuam, depois de ter mostrado aqui a represa da fazenda São Bento que está prejudicando a estrada com um buraco que está deixando a mesma quase intransitável.

A reportagem do Blog Deixa Comigo Macajuba, que é O Blog do Povo Macajubense recebeu reclamações de mais estradas da zona rural de Macajuba que precisa de reparos urgente, um motorista que passou na estrada da região das Fazendas São Geraldo, Verbena e Monte Santo, pede providências, pois de acordo com o que ele contou e as imagens que ele mandou, a patrol da prefeitura precisa passar por essa localidade, pois a estrada está em condições precária.

É preciso que o mutirão chegue até essas localidades.

Com a palavra a prefeitura municipal de Macajuba e a secretaria de obras.

É O Blog Deixa Comigo Macajuba na categoria Reclamações da Comunidade.Curta



Nossa Pagina no Facebook








Comente a matéria na opção comentários a baixo

Publicidade Google

Publicidade Google