terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Carnaval 2018: Macajubense recebe homenagem do cantor Bell Marques, veja o video.

(Foto retirada do vídeo)

No carnaval de Salvador 2018, um macajubense que trabalha a muitos anos com cantor Bell Marques, recebeu uma homenagem do cantor, durante o show Bell, um dos grandes nomes do axé music, disse: que estava sentindo falta de Itamar que faz parte da equipe do cantor, "ano que vem você vai ta com a gente" disse Bell.

Itamar é filho de seu Dinha natural de Macajuba e tem um irmão chamado Bia que trabalha na Ação Social de Macajuba, no video enviado ao Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM) por internautas, mostra que o macajubense está se recuperando de um acidente.

Estamos na torcida de uma boa recuperação para o nosso conterrâneo e que no carnaval de 2019, ele possa está junto do cantor Bell Marques fazendo seu trabalho.

Veja o vídeo:


Publicidade Filomena Tend Tudo, breve em Nova Cruz


O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

De Frente com Cristiano Silva, Dino Nery com papo reto sobre sua sexualidade e outros temas quentes, veja o vídeo

Foto: Max Ribeiro

O quadro de frente com Cristiano Silva entrevistou artista Dino Nery, que respondeu as perguntas quentes

As perguntas foram:

1 como foi sua vida de artista longe de Macajuba durante 40 anos?

2 no seu livro “onde as cobras moram” qual lugar você especifica essas cobras é em Macajuba?

3 como que está seu programa na rádio Capivari FM?

4 Como foi essa inspiração para fazer esse livro Macajuba 40 anos depois onde você fala a verdade nua e crua de nossa realidade?

5 por que você defende tanto os animais?

6 sendo um artista inteligente como você ver a política de Macajuba na atualidade?

7 como você e as pessoas encararam no início essa diferença na sua sexualidade?

Veja o vídeo:

      


Publicidade Filomena Tend Tudo, breve em Nova Cruz

O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

Crueldade: Cachorro é morto a tiro na região de Malhada Nova zona rural de Macajuba

(Foto cedida pela dona do cachorro)


Por volta das 23:00 (onze) de domingo, 11 de fevereiro de 2018, um cachorro foi morto a tiros na fazenda Umbuzeiro na região do povoado de Malhada Nova, de acordo com a moradora, ela ouviu os disparos, mas não sabe o motivo.



Matar cachorro – ou qualquer outro animal – é crime, sim. Não importa se o animal é doméstico, domesticado, silvestre, nativo ou exótico. O que trata disso é o artigo 32 da Lei dos Crimes Ambientais, de 1998. A lei prevê detenção de três meses a um ano, além de multa, para quem “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar” qualquer tipo de animal. Se houver a morte do bichinho, a pena aumenta até um terço. Quem praticar “experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos” também pode sofrer a mesma condenação.

Publicidade 


 Filomena Tend Tudo, breve em Nova Cruz

O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

Publicidade Google

Publicidade Google