sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Após matéria do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM) pista no km 7, próximo a Baixa Grande BA 130 sentido a Macajuba foi recuperada

(Fotos Internauta)

No último dia, 06 de dezembro de 2018, O Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM) recebeu algumas imagens e um vídeo mostrando que os motoristas deveriam redobrar a atenção no km 7 próximo a cidade de Baixa Grande, Estrada de Macajuba a Baixa Grande, localidade km 7, próximo ao local que rompeu a alguns anos atrás.

O Blog chamou a atenção para as prefeituras da região e a voz marcante de Cristiano Silva também chamou a atenção do Governador Rui Costa para o problema.

Na tarde de quarta-feira, 19 de dezembro de 2018, um internauta informou que o serviço de recuperação do trecho foi feito.


Ele postou:

“O local que você fez a matéria, já tomaram uma providência, mesmo paliativos, você tem moral mesmo, seu blog o governo do estado respeita. 👏👏👏”

Veja vídeos antes e depois:




Publicidade:

Popular 4 está entre as ruas que o calcamento está caindo aos pedaços em Nova Cruz

(Rua Popular 4 em Nova Cruz, Foto: Internauta)


A pavimentação do distrito de Nova Cruz, vem se degradando e nenhuma providência é tomada por parte da prefeitura, a pavimentação que fica perto da feira livre, as pedras estão soltas.




As lombadas, além de não ser pintadas, estão caindo aos pedaços e um deles é em frente a uma creche.





Um serviço mal feito na Gestão do então prefeito Nelson Brandão, onde foi pavimentada a Rua Velha. onde o ex-prefeito reside também está soltando a pavimentação e nenhuma providência é tomada pela prefeitura, os carros e motos tem que seguir na via contraria por causa dos buracos, podendo causar um acidente.




O internauta diz:

“Essa Rua na popular 4 já tem mais de 4 anos que tá nessas condições até hoje a prefeitura nunca tomou providências, o meio fio caído.



O fiscal do distrito é alvo de críticas por não verificar estas situações.

Uma pessoa da gestão havia informado ao Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM) que existe uma programação para a regularização desse problema, mas isso já tem quase 6 meses e nada foi feito, os problemas na pavimentação do distrito já duram cerca de 2 anos.

O assunto já foi parar na Câmara de Vereadores, mas até o momento o calçamento de Nova Cruz continua uma vergonha.






Publicidade:

Vereador de Macajuba questiona prefeitura por ter gasto R$ 257 mil só em compras de pneus



Na última sessão do ano, Everaldo Macedo moraliza eleição da Câmara e diz que prefeitura já gastou mais de R$ 250 mil em pneus

Na última sessão do ano, realizada na Câmara de Vereadores no dia 14 de dezembro de 2018, o vereador Everaldo Macedo (PT) cobrou mais uma vez que o Regimento Interno da Casa fosse cumprido e teve suas reivindicações atendidas em grande parte pelo presidente do Legislativo Municipal.

Na primeira parte da sessão, ocorreu a votação para eleger a mesa diretora da Câmara de Vereadores para o biênio 2019/2020. Na eleição passada, Everaldo cobrou que fosse utilizada a urna para que os vereadores pudessem depositar seu voto e argumentou que o Regimento Interno prevê o voto secreto. No entanto, o presidente da Casa acolheu parcialmente a reclamação do vereador petista e disponibilizou apenas a urna.

Durante a contagem dos votos, Everaldo Macedo questionou, com base no Regimento Interno, o fato do próprio presidente está realizando a contagem dos votos. Segundo o edil, o processo eleitoral da Casa Legislativa deveria ser conduzido por um servidor da Câmara e não pelo presidente. Após a intervenção de Everaldo, o Presidente da casa passou a condução do processo para o assessor da Casa.

Finalizado o processo de eleição da Mesa Diretora, Everaldo conseguiu fazer valer o seu direito de falar durante 10 minutos, mesmo não sendo proibido pelo presidente de acessar a tribuna.

Durante a sua fala, o edil parabenizou a Igreja Católica pela organização da Festa de Santa Luzia, padroeira do município.

Em seguida, o vereador petista direcionou a sua fala para assuntos relacionadas a Câmara de Vereadores. Segundo Everaldo, esse ano foi produtivo, mesmo com algumas deficiências do Poder Legislativo. “Ficamos com projetos engavetados, ficamos com nossa Lei Orgânica sem atualizar, ficamos com várias pendencias nessa gestão”, disse o edil.

O vereador voltou a reivindicar o cumprimento do Regimento Interno no processo eleitoral interno da Câmara e mais uma vez cobrou o voto secreto e chamou a atenção para falta de proporcionalidade na composição da Mesa Diretora. No entanto, Everaldo ressaltou que “pela primeira vez em muitos anos o povo está vendo uma eleição (na Câmara) com transparência”.

O vereador petista prometeu continuar a luta pela moralização da Casa Legislativa e disparou: “todos aqui sabem que essa Casa já teve momentos que foi fechado, momentos que nem funcionava e era uma verdadeira baderna aqui, nessa Casa”.

Após deixar os votos de boas festas e feliz natal para todos os macajubense, Everaldo ainda teve tempo de falar sobre a gestão Mary e Murilo. O edil lembrou que em decisão recente do Tribunal de Contas dos Municípios a prestação de contas da atual gestão, referente ao exercício 2017, foram aprovadas com ressalvas e que a prefeita Mary foi multada em R$ 2.000,00.

Por fim, Everaldo chamou a atenção da população para o fato de que o uso da tribuna na sessão do dia 14/12 ter sido podado pelo presidente da Casa, mas isso não o impediria de falar que “esse ano teve muita coisa errada”. Segundo o edil, Macajuba gastou R$ 257 mil só em compras de pneus e voltou a falar da assessoria que a família Vieira Lima presta ao município, que já teria recebido R$ 136.500,00 pela prestação do serviço. “Nós não vivemos aqui em um mar de rosa como é dito”, finalizou Everaldo Macedo.


Ascom/do vereador Everaldo Macedo.

Confira o vídeo na integra:



Publicidade:

Publicidade Google

Publicidade Google