terça-feira, 30 de agosto de 2016

Obras inacabadas em Macajuba, continua na justiça e dinheiro do povo desperdiçado

(Fotos: Henrique Oliveira/ Blog Deixa Comigo Macajuba(DCM)

Atendendo a pedido de cidadãos macajubense O Blog Deixa Comigo Macajuba(DCM) fez um levantamento sobre as condições que vive as obras inacabadas que estão abandonada a mais de 5 anos.


Fotografamos a situação, devido ao longo tempo parada as obras que é dinheiro público só este deteriorando. 



Moradores que moram perto dizem que tudo de ruim existe nos locais.

As vezes serve de abrigo para pessoas com problemas mentais.
 
Outras vezes serve de ponto de drogas. 


As obras são Posto de saúde, Creche  do Loteamento João Pedreira em Macajuba e a casa de farinha de Nova Cruz.
As obras foram iniciadas na gestão Novo Tempo do prefeito Tarciso Pamponet. 


Depois de ter tirado várias fotos do local, tentamos o contato com a empresa responsável pelas obras a Sertão Sorte, mas não conseguimos. 


Em seguida fomos até a prefeitura de Macajuba buscar informações, após aguardar alguns dias o pessoal da prefeitura encaminhou para nossa produção documentos encaminhados pela a assessoria que mostra que o caso está na justiça. 


A atual gestão “nossa força nossa gente” diz que não tem culpa do problema e entrou na justiça para que a empresa termine a obra deixada pela gestão anterior. 


Confira os documentos que O Blog de maior credibilidade em Macajuba teve acesso atreves da assessoria jurídica da prefeitura de Macajuba. 


Vale lembrar que no documento não fala sobre a casa de farinha de Nova Cruz.

Veja a documentação fornecida pela prefeitura de Macajuba:
 
 


Enquanto a justiça não decide, o patrimônio publico dos macajubenses continua abandonado e jogado a própria sorte. lamentável!

Reportagem: Blog Deixa Comigo Macajuba(DCM)

Atenção essa matéria é exclusiva do Blog Deixa Comigo Macajuba(DCM) e não pode ser copiada sem autorização podendo ser punido no Art. 184 do Código Penal.

O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

PI segue Anvisa e orienta interdição de achocolatado após morte de garoto

(Lote de bebida achocolatada deve ser recolhida os estabelecimentos comerciais (Foto: Divulgação/Itambé)


Após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinar a interdição de um lote do achocolatado Itambezinho, medida tomada após uma criança morrer uma hora após beber esse produto, a Diretoria de Vigilância Sanitária do Piauí (Divisa) orientou nesta segunda-feira (29) que todos os municípios façam a interdição cautelar do lote indicado nos estabelecimentos comerciais.


A empresa Itambé Alimentos S/A, responsável pela produção da bebida, disse que já realizou análises laboratoriais internas do lote de produção mencionado na notificação, não identificando qualquer problema em sua composição. "Em paralelo, outras análises estão sendo feitas em laboratórios externos e no LANAGRO – Laboratório Nacional Agropecuário – do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, cujos laudos serão disponibilizados no decorrer desta semana" (confira a íntegra da nota no fim da matéria).

A Anvisa determinou, por medida cautelar, a interdição em todo o território nacional do lote nº 21:18, com validade de 21 de novembro de 2016, do produto Bebida Láctea UHT, sabor chocolate, de 200ml, da marca Itambezinho.

No dia 25, uma criança de dois anos de idade deu entrada na Policlínica do Coxipó, Mato Grosso, com parada cardiorrespiratória, supostamente causada após ingerir uma bebida achocolatada. Os médicos chegaram a tentar reanimar a criança por cerca de uma hora, mas o menino não resistiu e faleceu.

“É uma medida de precaução, uma vez que as investigações ainda estão sendo realizadas”, explicou a diretora da Divisa, Tatiana Chaves.

De acordo com informações da Vigilância Sanitária Municipal de Oeiras, a 313 km de Teresina, mais de 900 unidades do produto já foram interditadas em apenas dois supermercados do município. “Os fiscais lacraram os produtos e foram segregados em depósitos dos próprios supermercados”, disse a coordenadora da Visa de Oeiras, Lívia Rego.

Em caso de dúvida, os consumidores poderão entrar em contato com as Vigilâncias Sanitárias municipais ou por meio do e-mail visapiaui@yahoo.com.br.


Morte no Mato Grosso
Segundo relatos da mãe da criança que morreu no Mato Grosso, o filho teria ficado com “falta de ar, corpo mole e princípio de desmaio”. A mãe afirmou, ainda, que, tanto ela quanto um tio da criança, beberam um pouco do achocolatado e também passaram mal. Ela relatou ter sentido náuseas e tontura e o tio chegou a ser encaminhado para o Pronto-Socorro de Cuiabá.

O caso passou a ser investigado pela Polícia Civil, após a mãe da criança registrar um boletim de ocorrência. A polícia apreendeu cinco caixas do achocolatado na residência da família e comunicou o caso para a Vigilância Sanitária. Diante da investigação, a Anvisa determinou a interdição cautelar do lote do produto até que se encerre as investigações.


Lote de achocolatado foi recolhido em 2014
Em 2014, a PepsiCo do Brasil recolheu um todo o lote do achocolatado Toddynhocontaminado por uma bactéria no Rio Grande do Sul. A companhia reconheceu o problema depois de autoridades de saúde no estado receberem relatos de alteração de sabor e odor, sensação de ardência na boca e náuseas. Segundo a Pepsico, o lote estava bloqueado no centro de distribuição, mas devido a uma falha no processo de descarte, foi repassado para venda no Rio Grande do Sul.


Nota da Itambé (íntegra)
Em relação ao caso do óbito da criança em Cuiabá e a suposta relação com o consumo do achocolatado, a Itambé esclarece que já realizou análises laboratoriais internas do lote de produção mencionado na notificação, não identificando qualquer problema em sua composição. Em paralelo, outras análises estão sendo feitas em laboratórios externos e no LANAGRO – Laboratório Nacional Agropecuário – do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, cujos laudos serão disponibilizados no decorrer desta semana.


Até o presente momento, diferentemente do divulgado nas redes sociais, não houve qualquer notificação de outros casos similares relativos ao produto em questão, além do mencionado acima em Cuiabá, Mato Grosso.

O achocolatado Itambezinho está no mercado há mais de uma década, e nunca apresentou qualquer problema correlato. A empresa reitera seu compromisso com a qualidade de seus produtos e continua trabalhando com os órgãos oficiais para que os fatos sejam esclarecidos o mais rapidamente possível.


Fonte: G 1 

O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

É possível morrer por causa de um “chupão” no pescoço?

(Foto: Ilustrativa)


No último domingo 28 de agosto de 2016, um caso inusitado chamou atenção de muita gente: um jovem, de 17 anos, teria morrido após levar um “chupão” no pescoço dado pela namorada.

Julio Macias Gonzalez, da Cidade do México, estava com a namorada, de 24 anos, quando, depois de ter relações íntimas, voltou para casa. Sem imaginar o problema, ele se sentou para comer junto à família, mas logo começou a ter convulsões e foi levado ao hospital. Infelizmente, nada pôde ser feito e Julio veio a óbito.

Segundo os médicos, a sucção provocada no pescoço foi tão grande que criou um coágulo, que, através da corrente sanguínea, chegou ao cérebro, causando um derrame.

Em 2011, uma mulher de 44, da Nova Zelândia, também foi vítima da “prova de amor”: ela ficou com o braço esquerdo paralisado. O “chupão” machucou o interior de um vaso sanguíneo e criou um coágulo, que, nesse caso, foi até o coração e causou a paralisia.



O que é um coágulo?

Antes de mais nada, os coágulos fazem parte de um processo natural do organismo e ajudam a parar sangramentos. Dessa forma, se o seu vaso sanguíneo for lesionado, haverá a formação dos coágulos.

Porém, às vezes, eles não se posicionam na parede do vaso danificado, mas no seu interior, o que pode levar a uma obstrução. Essa situação pode gerar problemas como trombose e embolia.



FONTE(S)

· NBC



· MINHA VIDA



· DAILYMAIL


O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

Chega ao fim o casamento dos apresentadores de jornal mais queridos do Brasil


(William Bonner e Fatima Bernardes (Foto: Ego )
William Bonner e Fátima Bernardes anunciaram nesta segunda-feira, 29 de agosto de 2016, que estão se separando. Os jornalistas, que ficaram juntos por 26 anos, publicaram a mesma mensagem no Twitter na noite desta segunda como forma de comunicado sobre o fim do casamento.



"Em respeito aos amigos e fãs que conquistamos nos últimos 26 anos, decidimos comunicar que estamos nos separando. Continuamos amigos, admiradores do trabalho um do outro e pais orgulhosos de três jovens incríveis. É tudo o que temos a declarar sobre o assunto. Agradecemos a compreensão, o carinho e o respeito de sempre. Fátima e William", escreveu o casal.

O casamento de William Bonner e Fátima Bernardes, que se conheceram nos bastidores do "Jornal da Globo", aconteceu em 1990. Em 21 de outubro de 1997, Fátima deu à luz trigêmeos. Fátima assumiu a bancada do "Jornal Nacional" em 1998, ao lado William. Eles trabalharam juntos até 2011. Em 2012, ela passou a comandar o próprio programa, "Encontro com Fátima Bernardes".

A última vez que o casal foi visto junto em público foi há cerca de dois meses, durante um passeio em família por um shopping do Rio com os trigêmeos Vinícius, Beatriz e Laura.

(William Bonner e Fátima Bernardes (Foto: Instagram/ Reprodução)




Fonte: Site EGO



O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

“Se For pra comer água eu vou” Morre cantor da dupla Tony e Ju

(Foto: Irecê Repórter)


O cantor Juvenal, que formava a dupla Tony e Ju, faleceu na noite desta segunda-feira (29), vítima de um infarto fulminante enquanto dirigia.



Ele teria saído de carro da cidade de Ibipeba com destino a Irecê, acompanhado do irmao Tony, quando começou a passar mal.



Tony levou o irmão para o Hospital Regional, mas já chegou sem sinais de vida.



A dupla, conhecida como Os Meninos do Sertão fez diversos shows em Irecê e região, atraindo multidões com seu repertório envolvente.



Entre tantos sucessos lançados, um dos mais tocados atualmente é o hit Ponta “D’água. Ju era natural da cidade de Jussara.



Nas redes sociais, fãs lamentaram a morte do cantor. ‘Irecê e região perderam um grande cantor que fez história. O Jú da dupla Tony e Jú nos deixa essa noite, vítima de um infarto fulminante. Dia doze de junho eu boto o pé na estrada, vou lá para o Junco, arrumar uma namorada’… escreveu Patrícia Farias. ‘Meu Deus, ainda não caiu a fixa parece até ser uma grande mentira. Um grande homem e também um grande pai, guerreiro, sempre batalhador, eu agradeço a Deus porque tiver o privilégio de conhecer esse homem encantador que sempre nos surpreendia com seu talento, Deus reservou o melhor lugar pra você, Jú, pois vai em paz! Que Deus dê muita força e conforto aos familiares e amigos’, disse na sua página, Renata Gomes.

A dupla Tony e Jú foi formada no ano de 2000 com o objetivo de tocar forró para o público. Seus maiores sucessos foram Junco e Ponta D’Água. Os irmãos fizeram muito sucesso em Irecê e toda região. As músicas da dupla também foram tocadas em diversas cidades da Bahia, e até mesmo fora do estado, em Brasília (DF), por exemplo.


Fonte Irecê Repórter

O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

Publicidade Google

Publicidade Google