quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Luciano de Noé e outras lideranças políticas de Macajuba se fizeram presente em visita de Rui Costa a Ipirá



“Há onze anos, Wagner iniciou o Água para Todos, maior programa já criado no país, pra levar água de qualidade à população pobre da zona rural, onde tem escassez e estiagem. Nós vamos continuar, até todas as comunidades terem água potável pra beber,

e também vamos fazer redes de esgoto e estações de tratamento, pois esgotamento sanitário significa cuidar das pessoas e do meio ambiente”. A garantia veio do candidato à reeleição para o Governo da Bahia, Rui Costa, na manhã desta quarta-feira (22), quando falou para o povo de Ipirá e arredores, concentrado na feira da cidade.



O compromisso do candidato consta no Programa de Governo Participativo (PGP 2018), registrado no TRE-BA. A elevação do atendimento com serviços de esgotamento sanitário é prioridade de Rui para o próximo quadriênio, com implantação e ampliação de sistemas de esgotamento sanitário em 35 municípios baianos, entre os quais Ipirá e Baixa Grande. As ligações de esgoto atingirão um patamar de 1,6 milhão, a partir das 287 mil novas ligações a serem realizadas.



Também entre os compromissos que beneficiarão a população da região visitada, consta fortalecer bacias leiteiras, através de melhoramento genético, distribuição de tanques de resfriamento e qualificação de produtores. A comitiva da caravana Correria pela Bahia também incluiu os candidatos a vice-governador, João Leão (PP), e ao Senado, Jaques Wagner (PT), além de políticos da coligação e candidatos a deputado estadual e federal.

*Correria até domingo*

Nesta quinta (23), Rui vai a Itaberaba, às 18h, para mais um encontro com os baianos do interior do estado. A comitiva da coligação Mais Trabalho Por Toda a Bahia seguirá em caminhada da Insinuante até o largo no final da avenida Medeiros Neto. A caravana continua até o domingo. Na sexta, ele estará em Serra Grande (no município de Uruçuca), Itacaré, Camamu, Igrapiúna, Ituberá, Nilo Peçanha e Taperoá. No sábado (25), será a vez de Valença, Nazaré, Muniz Ferreira, Santo Antônio de Jesus, Conceição do Almeida e Sapeaçu; encerrando no domingo (26), em Cruz das Almas, Governador Mangabeira, Muritiba, Conceição da Feira e São Gonçalo.

Representando Macajuba, estiveram O Presidente do PSD, local e pré-candidato nas eleições 2020 para prefeito, Luciano de Noé, além de Tuca, que foi candidato a vereador nas eleições 2016 e Neto Macêdo(PSB), que ocupa o segundo mandato de vereador.


 


Matéria baseada do site Bahia Press, Fotos: Facebook de Luciano.

Publicidade:


Atrações da festa de vaqueiros 2018, convidam macajubenses



Publicidade:


Beneficiados da minha casa minha vida 2 em Macajuba continua sem resposta após bagunça feita por parte da prefeitura na entrega das casas



No dia 16 de outubro de 2017, O Blog Deixa Comigo Macajuba, levou a público um decreto da prefeitura de Macajuba que convidava as pessoas a comparecerem na prefeitura, no prazo de 30 (trinta) dias para não perder o direito a adquirir a casa do programa minha casa minha vida 2.

Na época as pessoas acompanharam a nota pelo Blog do Povo macajubense e compareceram.




O assunto foi parar na Casa Legislativa de Macajuba, na sessão de 19 de outubro de 2017.

O assunto destaque da sessão foi sobre o projeto da minha casa minha vida 2 ,que foi iniciado na gestão de Tarciso, os vereadores de oposição comentaram sobre o assunto e falaram sobre a vereadora Vanda da Malhada Nova que desviou o projeto para beneficiar parentes.

A lista dos beneficiados com as casas, foi divulgada no Blog do Povo Macajubense com a fonte do diário oficial da prefeitura de Macajuba, os vereadores Neto Macedo e Everaldo estiveram na prefeitura de Macajuba acompanhando algumas pessoas que estavam com os nomes na lista.

Na sessão de 18 de abril de 2018, o então vereador João Cintra, já havia falo que a vereadora Vanda beneficiou seu irmão com uma das casas que foram doadas em Malhada Nova.

Para os internautas entenderem melhor, na gestão Tarciso, as casas do minha casa minha vida 2, tinha como beneficiados uma outra lista de pessoas, e as residências seriam na sede Macajuba, mas quando a gestão do MDB, assumiu as casas foram construídas em Malhada Nova.

Por ser um Programa Federal, a prefeita Mary Dias, teve que baixar um decreto convidando os beneficiários da sede a comparecer na prefeitura de Macajuba, o decreto com pouca divulgação, só foi divulgado de fato após a matéria do Blog Deixa Comigo Macajuba(DCM), que tem um longo alcance.

Há quase um ano depois da reunião da prefeitura de Macajuba com os beneficiários, eles esperam por uma resposta.

Uma das pessoas ligadas a gestão do MDB, disse que é preciso as pessoas aguardar pra ver em que situação vai ficar.

Nossa reportagem ligou para a prefeitura de Macajuba, mas infelizmente os gestores Mary e Murilo não nos deu nenhuma resposta sobre o assunto.

A prefeitura fez a bagunça e lamentavelmente se calou e não resolveu, uma vez que os moradores de Malhada Nova, não invadiram casas, pois foi a gestão do MDB, que os beneficiaram, os beneficiados de Malhada Nova já estão acostumados com sua tão sonhada residências e os outros beneficiados da sede Macajuba, que também precisa ter seus direitos respeitados, continua a espera de sua casa própria, que foi burlada por irresponsabilidade da gestão do MDB.

“E agora José?” Com a palavra a gestão do MDB, os moradores de Malhada Nova e também da sede precisam de respeito.





Publicidade:


Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (ALBA) realiza uma sessão especial em homenagem aos 220 Anos da Revolta dos Búzios



A Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (ALBA) realiza uma sessão especial em homenagem aos 220 Anos da Revolta dos Búzios nesta quinta-feira dia 23, às 14h30. O ato foi proposto pela deputada Fabíola Mansur (PSB).




A parlamentar ressaltou em sua proposição que o movimento chamado também de Conjuração Baiana e Revolução dos Alfaiates foi um dos marcos da história baiana em defesa da liberdade, da independência e implantação da República.




“Visava libertar o Brasil Colônia do jugo colonizador de Portugal, com muitas bandeiras, tais como independência da capitania, implantação da República, abolição da escravatura, igualdade para todos, livre comércio com as nações do mundo, interrupção de vínculo com a Igreja do Vaticano, instituição do trabalho remunerado, melhoria do soldo militar e garantias para os plantadores de cana, fumo e mandioca, assim como para comerciantes”, enumerou a socialista.






O movimento teve quatro mártires: os soldados Luiz Gonzaga, 36 anos, e Lucas Dantas, 23 anos, e os alfaiates João de Deus, 27 anos, e Manoel Faustino, 22 anos.

Publicidade:


Publicidade Google

Publicidade Google