Deixa Comigo Macajuba: Fabiola Mansur diz que sequência de picuinhas de Bolsonaro tira a dignidade do cargo de presidente

Publicidade Google

Ouça ao vivo Web Rádio DCM

Publicidade Google

Ouça a matéria em áudio

terça-feira, 30 de julho de 2019

Fabiola Mansur diz que sequência de picuinhas de Bolsonaro tira a dignidade do cargo de presidente

|    
No início desta semana, o presidente Jair Bolsonaro fez a mais dura declaração – difícil de digerir, ao se referir de forma “debochada” ao desaparecimento de Fernando Santa Cruz, pai do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, durante a ditadura militar. Em sua fala, que ganhou repercussão internacional, e que foi rechaçada por diversas autoridades e setores da sociedade civil, o presidente da República afirmou: “Se o presidente da OAB quiser saber como o pai desapareceu no período militar, eu conto para ele”.

A deputada Fabíola Mansur condenou a infeliz declaração do presidente e classificou o ato como inaceitável. “É estarrecedora e repugnante a postura do chefe da Nação que usa sua posição para tripudiar e atacar a memória das pessoas de maneira desumana. Ele ocupa o cargo mais alto e mais importante do país, por isso não pode misturar suas paixões, pois a declaração de um chefe de Estado tem muitos poderes. Essa e outras falas do presidente tiram a dignidade do posto”, afirmou Fabíola.
Após a declaração do presidente, muitas autoridades se manifestaram contra sua postura. Durante entrevista a BBC News Brasil, Felipe Santa Cruz relatou que vai interpelar Bolsonaro no STF, pois sua conduta pode ter sido criminosa, uma vez que no Brasil é crime fazer apologia da tortura conforme o artigo 287 do Código Penal.
Para Fabíola, o presidente de um país não pode governar praticando revanchismos e também se solidarizou com Felipe Santa Cruz e todos brasileiros que perderam familiares durante o regime militar. “Uma das coisas mais doloridas da história brasileira foi a onda de assassinatos na ditadura. O Brasil passou por um momento muito duro e quando o presidente fala uma coisa dessas, ele ofende não apenas o presidente da OAB, mas todas as pessoas que perderam parentes ou sofreram torturas naquele período sombrio. No momento que ele fala desse caso com esse tom agressivo e debochado, ele age de forma incompatível à função que ocupa”, defendeu Mansur.


Publicidade

Comente com o Facebook:

Deposito de Bebidas São Bernardo

Bebidas, Gelo, Água, Carvão, Descartáveis e muito mais. Aberto todos os dias das 8:00 as 19 horas. Trabalhamos com evento, além de cerveja, frios.

Temos excelentes preços. Disque entrega: (74)9 99448708 Aceitamos cartão de credito e debito

Direção: Lais e Robson. AV. Frederico Costa, N 66. Centro, Macajuba BA

Publicidade Google

Arquivo do blog

Total de Visitas

Volte ao ▲ Topo