sábado, 16 de março de 2019

SINPROMMA APLB SINDICATO de Macajuba realizou Palestra sobre Direito Previdenciário

(Fonte: SINPROMMA APLB SINDICATO de Macajuba)


Aconteceu quinta-feira (14/03/2019) na sede do sindicato uma Palestra sobre Direito Previdenciário com Dr. Lúcio Santana, advogado, professor de Direito Previdenciário e Coordenador do Programa de Educação Previdenciária do INSS, a qual teve a participação da assessoria jurídica do sindicato na pessoa de Dra. Denise.



O palestrante Dr. Lúcio Santana falou sobre os Direitos Previdenciários com muita propriedade e numa linguagem clara, ele também informou que o INSS – Instituto Nacional do Seguro Social estava firmando um Acordo de Cooperação Técnica com o sindicato e que em breve o sindicato estará oferecendo mais um serviço aos seus filiados. Onde não precisaram se deslocar até as agências do INSS nas cidades vizinhas, pois os filiados poderão resolver todas as suas demandas pelo sindicato com o acompanhamento da assessoria jurídica do mesmo.



Esse acordo permitira que o sindicato realizasse, em favor de seus representados, o requerimento de serviços do INSS, tais como: salário-maternidade, aposentadoria por idade, aposentadoria por tempo de contribuição, pensão por morte, seguro defeso, auxílio reclusão, auxílio-doença, benefício assistencial ao idoso, benefício assistencial ao portador de deficiência, certidão de tempo de contribuição, extrato CNIS, extrato para imposto de renda, histórico de consignações, histórico de crédito do benefício - HISCRE, declaração de benefício/nada Costa, revisão, recurso, cópia de processo, atualização de cadastro e benefício, certidão para saque PIS/PASEP/FGTS, na modalidade de atendimento a distância, em cumprimento ao que dispõe o Decreto n° 8.539, de 2015, bem como a preparação e instrução de requerimentos para posterior análise do INSS, a quem incumbe reconhecer ou não o direito à percepção de benefícios.



Só conquista quem luta!

SINPROMMA APLB SINDICATO


Publicidade:

Jovem de Mundo Novo está a procura de familiares


“Galera mim chamo Sidney de jesus santos e tenho 23 anos e estou a procura de meu avos parente que não conheço... Avó: Carlinda oliveira dos santos.

tia Mriraci oliveira Mororo, Delma Oliveira dos Santos. e Tio Luiz Fábio Oliveira dos Santos

Infelizmente só tenho essas informações quem poder mim ajudar agradeço a divulgar estas poucas informações que tenho serei muito grato de todo coração por cada pessoa que poder divulgar pra mim estou nesta procura a mais de 20 anos 😭😭

*eu tive estas informações umas morava e "Redenção" e as meninas uma morava em São Paulo, outra em Ipirá



Qualquer coisa só entrar em contato com o número 74998058399”

Sidney


Publicidade:

FABÍOLA PEDE APROVAÇÃO DO PROJETO QUE OBRIGA O USO DO DESFIBRILADOR EM ESPAÇOS COM GRANDE CONCENTRAÇÃO DE PESSOAS

“Casos como o dessa idosa tem acontecido com frequência no sistema ferry-boat, e alguns poderiam ser evitados com a aprovação do Projeto de Lei (PL), de minha autoria, que obriga estabelecimentos e eventos com grande circulação ou concentração de pessoas a disporem de um desfibrilador externo automático (DEA)”. A declaração é da Deputada Fabíola Mansur (PSB) que apresentou o projeto no ano de 2015, sobre a idosa de 85 anos, que morreu após passar mal no ferry- boat, que fazia o trajeto Ilha de Itaparica/Salvador, neste domingo (10).
O projeto prevê que os estabelecimentos públicos e privados que concentrem a partir de 1.500 pessoas devem dispor do DEA, equipamento que custa pouco mais de R$ 5 mil e que dispara descargas elétricas com objetivo de restabelecer ou reorganizar o ritmo cardíaco em vítimas de paradas cardiorrespiratórias.
“O DEA é capaz de efetuar desfibrilação com leitura automática, independente do conhecimento prévio do operador, podendo inclusive ser utilizado por leigos. No entanto, o projeto prevê ainda que os estabelecimentos promovam o treinamento de seus funcionários para utilizá-lo”, explicou Fabíola. Ainda de acordo com a deputada, esse episódio é mais um alerta para a urgência da aprovação do PL para que outros casos possam ser evitados.

(Fonte ascom da deputada)




Publicidade:

Educador nato, Netinho Xodó demostrou tristeza sobre o massacre no interior de SP e chamou a atenção para a falta de um porteiro no Colégio Estadual de Macajuba




Na sessão de quinta-feira, 14 de março de 2019, Netinho (MDB), demostrou tristeza e consternado com o massacre em Suzano no interior de SP, o edil de situação fez cobranças a bancada de oposição por ter apoio do governo do estado em relação ao Colégio Estadual Carlito de Carvalho, pois desde o início das aulas o colégio vem passando por vários problemas, dentre eles a falta de merenda e a falta de um porteiro, facilitando assim a entrada de qualquer pessoa ao colégio, citando também a falta de professores. O vereador também falou sobre o projeto encaminhado pela Prefeitura e foi promessa do Governador Rui Costa em realizar o calçamento da rua em frente a escola

Confira a o vídeo:





Publicidade:

Publicidade Google

Publicidade Google