Deixa Comigo Macajuba: Macajubense lança poesia sobre feminicídio (Parem de nos matar)

Publicidade Google

Ouça ao vivo Web Rádio DCM

Publicidade Google

Ouça a matéria em áudio

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Macajubense lança poesia sobre feminicídio (Parem de nos matar)

|    
Parem de nos matar…

Quantas já morreram?
Quantas mais irão morrer?
Violência, feminicídio, 
Até quando vai acontecer?
A próxima vítima, 
Pode ser eu ou você. 

Quando isso vai acabar?
Quando é que nós mulheres teremos sossego?
A desculpa do abuso,
É o decote "mostrando" o peito.
Nos olham com más intenções, 
Desconhecem o tal respeito. 

Parem! Chega!
Não vêem o quanto isso é constrangedor?
Andar sozinha nas ruas,
Se tornou um pavor.
Milhares estão sendo vítimas, 
Parem! Por favor!

Eu quero sair de casa sem medo,
Usar a roupa que eu quiser. 
E ter a certeza que lá na frente,
Não vou ser vítima de um "mané".
Quero andar tranquila nas ruas, 
Quero poder "ser mulher".

Passar em frente à um homem, 
Sem ouvir um "oi, psiu".
Quero sair pra trabalhar,
E não ser vítima de um imbecil. 
Que acabe o número de mulheres mortas,
No nosso "amado Brasil".

Essa luta ainda não está ganha,
Mas não deixaremos de lutar. 
A violência e o feminicídio, 
Tem que acabar.
Cerca de dez mulheres morrem por dia,
Parem de nos matar.   


 - Tamara Macêdo 




Publicidade

Comente com o Facebook:

Deposito de Bebidas São Bernardo

Bebidas, Gelo, Água, Carvão, Descartáveis e muito mais. Aberto todos os dias das 8:00 as 19 horas. Trabalhamos com evento, além de cerveja, frios.

Temos excelentes preços. Disque entrega: (74)9 99448708 Aceitamos cartão de credito e debito AV. Frederico Costa, N 66. Centro, Macajuba BA

Publicidade Google

Arquivo do blog

Total de Visitas

Volte ao ▲ Topo