Deixa Comigo Macajuba: Professor de Macajuba concede entrevista e comenta assuntos polêmicos sobre a politica municipal

Publicidade Google

Ouça ao vivo Web Rádio DCM

Publicidade Google

Ouça a matéria em áudio

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Professor de Macajuba concede entrevista e comenta assuntos polêmicos sobre a politica municipal

|    
Curta nossa pagina no Facebook


 Professor Jay Pasteur
Quem esteve na redação do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM) na manhã desta sexta-feira 15 de Abril foi o professor Jay Pasteur, ele foi entrevistado pelo comunicador Cristiano Silva e não segurou a língua ao falar de politica e dos problemas de Macajuba.

1 –Você tem sido um crítico da política macajubenses. A quem você credita o atual momento de desconfiança da população nos políticos locais?

 Credito a um grupo de políticos que tem se reservado no poder nestes mais de 30 anos e que nada tem feito em pró das famílias macajubenses. Políticos que não tem sensibilidade humana e que não se preocupam com o social, com a educação e o desenvolvimento humano e político. Por promoverem uma política do quanto pior melhor e tendo apenas interesses pessoais.

2 –  Qual sua avaliação sobre os trabalhos dos atuais vereadores?

Infelizmente, nossos vereadores não têm correspondido com as suas obrigações quanto a serem fiscais do povo junto à administração pública municipal. Muitos tem sido apenas fantoches e pau de mandado do atual gestor. Não temos visto sequer uma ação louvável de nenhum deles que realmente seja digna de aplausos. Há esporadicamente alguns que ainda num lampejo de sanidade mental que faz o mínimo para ajudar alguém carente que lhe procura. Mas isso não é o tudo. Faltam atitudes, coragem e amor ao povo. Decepcionante. É essa a minha avaliação do Legislativo da nossa terra.

3 –  Quais erros e acertos da atual administração?

Acertos, infelizmente não temos visto nenhum. Durante estes quase quatro anos de mandato da atual administração, não temos nenhuma ação do gestor que seja digna de elogios. São muitos os erros. A nossa cidade está abandonada. Não temos os serviços públicos essenciais em funcionamento. Há em curso um cabide de empregos, com loteamento das repartições públicas de funcionários que em um grau elevadíssimo de humilhação se sujeitam a dividir um salário mínimo com outros três. Isso é exploração do trabalho. É escravidão branca. E olha que isso, não vem acontecendo de agora e sim desde o início do atual mandato. É uma vergonha.

4 –  A segurança pública no Brasil tem sido um grande desafio para os nossos governantes. Muitos ficam transferindo suas responsabilidades para os outros, isso é fato. Aqui em Macajuba, os vários casos de crimes têm se multiplicado assustadoramente. O que fazer para amenizar esta situação?

 O primeiro passo é um investimento pesado em educação. É promover educação em tempo integral para as nossas crianças. Ocupando as mentes destes pequeninos com oficinas educacionais os livram das garras dos crimes. Segundo lugar, criação da guarda civil municipal e da guarda mirim. Terceiro, pleitear eficazmente junto aos deputados e senadores votados em nosso município pela vinda de um delegado titular para o município. Dá condições às polícias para a sua atuação no combate das drogas e entorpecentes e dos crimes hediondos.

5 –  A administração atual tem feito seu papel de forma eficaz na educação?

Não. Nós temos visto muitas queixas dos alunos e familiares em relação ao tratamento dado aos mesmos pelos professores, dirigentes e demais funcionários nas unidades escolares. Um transporte escolar deficiente das mínimas condições de segurança e higiene. É preciso ser mais ousado e lutar por trazer mais ônibus do Programa Caminho da Escola junto ao Ministério da Educação para atender o nosso alunado. A merenda escolar, segundo relatos dos alunos, não tem correspondido às suas expectativas quanto às necessidades nutricionais.

6-- A saúde pública tem oferecido um atendimento digno aos macajubenses?

 Não. Atendimento deficitário. Falta de remédios nos postos de pronto atendimento e hospital, funcionários sem comprometimento quanto aos cuidados básicos à saúde. Falta de qualificação de funcionários e dirigentes dos postos de saúde e do Hospital Julieta Sampaio. Demora nas marcações de consultas e exames com especialistas. Péssimo atendimento à população que procura a Secretaria de Saúde do município.

7 –  Em relação às próximas eleições municipais, os postulantes ao cargo de prefeito têm levado a muitas expectativas da população. Qual sua opinião sobre os nomes já colocados em público como pré-candidatos? Quais atitudes você espera deles em relação ao desenvolvimento do nosso município?

 Vejo muitos pré-candidatos e pouca qualidade por parte deles. Existe um jogo de interesses pessoais muito grande e até o momento, nenhuma proposta de governo que de fato venha trazer desenvolvimento econômico e social para o nosso Município. Acredito que se cada um destes, se despojasses das suas vaidades pessoais, e de fato vestissem as camisas dos menos favorecidos, certamente teríamos um governo do povo e para o povo. Mas como tenho afirmado aqui, isso apenas é um sonho distante de se concretizar. Fala-se tanto em união, mas o que se tem visto, são gladiadores em plenas arenas, prontos para devorarem-se mutualmente. Enquanto essa mesquinhez de pensamento existir na vida destes postulantes, nada irá mudar. Ganha-se a eleição e a miséria, os cabides de emprego e o monopólio da família A e B, continuam a todo vapor. Isso é desestimulante e revoltante.

8 – Os jovens, por falta de emprego tem ido embora do nosso município em busca de dias melhores. O que será preciso fazer para segurá-los aqui junto aos seus familiares?

Isso é uma triste realidade. Tem que se pensar no jovem como jovem. Que sonha, que tem seus projetos e ambições por crescimento pessoal e profissional. É necessário criarmos condições para estes jovens permanecerem ao lado dos seus familiares. Acredito que se formássemos oficinais de artes (artesanato), cursos de qualificação (pedreiro, carpinteiro, serralheiro, mecânica de auto, etc.). Uma boa parte do problema seria resolvido. Também creio que se a prefeitura firmasse uma parceria com uma Universidade e que distribuísse bolsas de estudos aos concluintes do Ensino Médio em troca de dedicação do seu trabalho nas repartições educacionais do município, também ajudaria e muito.

9 –  Você tem o desejo de um dia vir a ser candidato a vereador? Por que?

 Confesso a você que já pensei sim. Porém ao ver os últimos acontecimentos em nossa cidade, me pergunto, sobre o que fazer como representante do povo, levando em consideração à baixaria que tem sido promovida na Câmara de vereadores de Macajuba. Não serei hipócrita a dizer que não tenho interesse de um dia em concorrer à vereança, pois acredito que tenho muita força de vontade, ideias várias e sensibilidade humana de lutar por nossos munícipes. Tenho certeza de que se essa for a vontade de Deus e o povo abraçando, poderei sim, através da minha luta e ideais, contribuir sim em especial na aplicação de uma educação de qualidade nas escolas públicas do nosso município.

10 –  O tráfico de drogas tem sido alarmante em nosso município e atormentado as nossas famílias com o assédio dos traficantes às crianças e adolescentes. O que fazer em resgate destes que já foram envolvidos e para evitar que os demais também venham a se evolver?

 Sem dúvida alguma, o mais urgente a fazer é trabalhar o desenvolvimento e a qualidade da nossa educação. Esse sim é o primeiro passo. Depois, criação de uma casa de apoio aos dependentes químicos, onde serão ministrados palestras e estudos sobre as causas e efeitos das drogas no organismo humano. Promover um trabalho psicológico e religioso com os mesmos. Resgatar o valor de lutar pela vida e de ser alguém útil à sociedade em que se vive.

Deixe aqui sua mensagem ao povo da nossa amada Macajuba.

Peço a Deus que na sua infinita bondade, possa abençoar a cada macajubense, abrindo-lhes as mentes para não se deixar iludir com falsas promessas, com falsos moralismos. Que Deus nos livre de ser usados como objetos de exploração de lobos que se apresentam como cordeiros em épocas de eleições.

Que não sejamos mais cegos, surdos e incapazes de discernir entre aqueles que tem as mãos limpas de quem se suja constantemente com o que é público em benefício próprio e das suas famílias.

Que verdadeiramente venhamos a eleger pessoas que promovam uma administração do povo e para o povo.

Que a graça de Deus nunca nos venha faltar e que Macajuba seja de fato do senhor Jesus Cristo.


Da Redação! Blog Deixa Comigo Macajuba(DCM)


O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

Comente com o Facebook:

Deposito de Bebidas São Bernardo

Bebidas, Gelo, Água, Carvão, Descartáveis e muito mais. Aberto todos os dias das 8:00 as 19 horas. Trabalhamos com evento, além de cerveja, frios.

Temos excelentes preços. Disque entrega: (74)9 99448708 Aceitamos cartão de credito e debito

Direção: Lais e Robson. AV. Frederico Costa, N 66. Centro, Macajuba BA

Publicidade Google

Arquivo do blog

Total de Visitas

Volte ao ▲ Topo