segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Você sabia? Após reajuste de 8,8% na conta, Embasa diminuiu quantidade de água que consumidor pode utilizar na tarifa mínima



Além do reajuste de 8,8% na conta de água, que foi cobrado desde o mês de junho de 2017, a Embasa foi autorizada pela Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa) a diminuir a quantidade de água que o consumidor pode usar para pagar a tarifa mínima. Da forma como era cobrada anteriormente a tarifa mínima era cobrada para quem utilizava até 10 metros cúbicos d e água no mês, mas, desde de agosto de 2017, para pagar o valor mínimo, o consumidor só poderá gastar até 6 metros cúbicos de água.



Na prática, um metro cúbico equivale a 1.000 litros, quantidade média de água utilizada durante uma semana por uma família de quatro pessoas. No sistema anterior, o valor da tarifa mínima era de R$ 25,30, ou seja, o consumidor pagava R$ 25,30 e podia gastar até 10 metros cúbicos de água. Com o reajuste de 8,8% e mais a mudança de sistema, o consumidor só poderá gastar 6 metros cúbicos para pagar a tarifa mínima, que será reajustada para R$ 27, 50.



O pedido de reestruturação no sistema de cobrança da tarifa foi feito pela Embasa em 2016, quando a empresa pediu reajuste de mais de 50% à Agersa, que negou o aumento.

Através de nota, a Embasa afirmou que, no novo sistema, a principal mudança é a criação de uma nova faixa de consumo, entre 7 e 10 metros cúbicos (m³) de água por mês. Com isso, a tarifa mínima cobrada pela Embasa passará a ser aplicada para quem consome até 6m³ mensais. Na nova faixa (7m³ a 10m³), cada metro cúbico excedente do volume mínimo terá o valor de R$ 1,09 na categoria residencial normal, R$ 0,98 na categoria residencial intermediária e R$ 0,76 na categoria residencial social.


Atualmente, consumidor paga R$ 25,30 na tarifa mínima e pode utilizar até 10 metros cúbicos de água. Com mudança, ele pagará 27,50 e só poderá usar 6 metros cúbicos (Foto: Reprodução/ TV TEM)

Ainda segundo a Embasa, em todo o país, desde 1970, a cobrança pelos serviços de água e esgoto seguia uma estrutura de subsídio cruzado e progressividade, ou seja, "nas faixas de consumo iniciais, o custo real do metro cúbico não é cobrado integralmente do consumidor, pois os usuários que utilizam o serviço de forma mais econômica recebem subsídios como forma de garantir seu acesso ao serviço a preços módicos e ainda são estimulados a adotar hábitos de consumo mais racionais". A nota da Embasa ainda diz que, "para custear as despesas de operação do serviço e de depreciação da infraestrutura instalada, os usuários que consomem nas faixas de volume superiores pagam um valor maior pelo metro cúbico e sustentam o subsídio cruzado. A progressividade do valor do metro cúbico também busca inibir o desperdício”.

A empresa informou ainda que houve uma redução do número de usuários com consumo na faixa excedente, e que a expansão dos serviços no interior do estado levou ao aumento do número de consumidores que pagam a tarifa mínima subsidiada, tornando cada vez mais difícil a manutenção da estrutura tarifária que vinha sendo adotada, sem causar prejuízos à saúde financeira da empresa. “A correção desse desequilíbrio, através da redistribuição do subsídio na estrutura tarifária, é fundamental para garantir a sustentabilidade da empresa nos próximos anos, possibilitando a continuidade e a ampliação da prestação dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário para milhões de baianos”, afirmou o presidente da Embasa, Rogério Cedraz.


Observação! Está matéria foi uma fonte do site G1 para informar ao povo macajubense que ainda não tinha se atentado para essa nova medida da Embasa que ainda não tinha sido divulgada na mídia local


Publicidade 


 Filomena Tend Tudo, breve em Nova Cruz

O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL INVESTIGA PREFEITURA DE MACAJUBA APÓS MATÉRIAS DO DEIXA COMIGO MACAJUBA

No final do mês de agosto de 2017, inúmeros veículos de comunicação da Bahia noticiaram a recomendação do Ministério Público Federal (MPF) para que a prefeitura de Macajuba regularize o transporte escolar. O que ninguém sabia até então, nem mesmo nós do Deixa Comigo Macajuba, é que a investigação do MPF que gerou a recomendação teve com fonte geradora matérias do blog DCM.

Em 23 de março de 2017, a Portaria Nº 30 publicada no Diário do Ministério Público Federal Eletrônico trazia a seguinte informação:

Isso quer dizer, que o procurador do MPF, Dr. Samir Cabus Nachef Júnior, utilizou matérias feitas pelo DCM nos anos de 2013, 2014 e 2016 como provas para instaurar o Inquérito Civil n.° 1.14.004.001858/2016-86. Como já dissemos no início da matéria, esse inquérito é o mesmo que foi noticiado no final do mês de agosto, onde o MPF recomenda Prefeitura de Macajuba a fazer ajustes no transporte escolar e aponta inúmeras situações irregulares no transporte do município.

 


O coordenador do blog Deixa Comigo Macajuba, Cristiano Silva, disse que essa notícia mostra a seriedade do seu trabalho e que são situações como essa que dão motivação para continuar trabalhando. Cristiano fez questão de lembrar a participação popular em seu blog, inclusive sugerindo matérias e enviando fotos e informações que viram notícias como essas que geraram o inquérito civil contra a prefeitura de Macajuba. “O DCM é a voz do povo macajubense”, concluiu o comunicador.


Publicidade 


 Filomena Tend Tudo, breve em Nova Cruz

O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

Seminário dos Precatórios do Fundef realizado pela APLB em Salvador

(Foto Pagina da APLB)

A APLB-Sindicato realizou no sábado, 2 de setembro de 2017, no Hotel Sol Victória Marina, em Salvador, o Seminário dos Precatórios do Fundef. Os precatórios são decorrentes de uma ação judicial de municípios e Estados contra a União. Durante a vigência do Fundef, o Governo Federal deixou de repassar parte dos recursos aos municípios referentes ao valor-aluno. Para compensar essas perdas, as prefeituras entraram na Justiça reclamando o pagamento da verba devida. Após uma longa batalha nos tribunais, o Governo Federal está sendo obrigado a quitar essa dívida. A ação já foi transitada e julgada. Como o Fundef foi criado para valorização do Magistério, somente os professores têm direito ao precatório.
O seminário teve representantes de 157 municípios baianos e da delegação do Ceará, representada pela APEOC (Sindicato de Lutas e Conquistas dos trabalhadores em educação). Ao todo, 400 participantes (incluindo 70 advogados baianos e cearenses) participaram ativamente dos debates durante todo o dia.

O Seminário Estadual sobre Precatórios do Fundef começou às 9 horas com a abertura e composição da mesa. Meia hora depois, o advogado Vicente Bandeira de Aquino Neto falou sobre a experiência do processo para resgate dos valores dos precatórios em Fortaleza. Em seguida, Anízio Melo, presidente da APEOC – Sindicatos Trabalhadores em Educação em Fortaleza, falou sobre a defesa dos precatórios do Fundef e a intervenção necessária da entidade sindical.
Às 11 horas, a advogada baiana Denise da Mata falou sobre as contradições dos órgãos de controle externo e do jurídico sobre o Fundef.
Às 14 horas, após composição da mesa e chamada apresentação das propostas unificadas.
Depois houve a votação e elaboração da proposta unificada sobre o posicionamento da APLB-Sindicato frente à questão dos precatórios do Fundef.

De acordo com a Lei do Fundef (Lei 9424/1996): “Art. 7º Os recursos do Fundef, incluída a complementação da União, quando for o caso, serão utilizados pelos Estados, Distrito Federal e Municípios, assegurados, pelo menos, 60% para a remuneração dos profissionais do Magistério, em efetivo exercício de suas atividades no ensino fundamental público. ” Ou seja, de todos os recursos do Fundef, no mínimo 60% devem ser destinados ao pagamento da remuneração dos profissionais do Magistério.
Anízio Melo, presidente do Sindicato APEOC – e que fez parte da mesa dos trabalhos do seminário – afirmou que há vários entendimentos a respeito do enquadramento de quem teria direito à verba, se apenas os professores que estavam em efetivo exercício durante o período referente à ação judicial ou todos os docentes da rede pública. O entendimento do Sindicato APEOC é que a própria categoria decida esses critérios, por meio da composição de comissões de estudos e, em seguida, através da votação das propostas em Assembleia Geral em cada município.
Ele frisa que os professores que estavam em efetivo exercício do Magistério durante o período referente à ação judicial do Fundef e atualmente se encontram aposentados também têm direito ao recebimento do precatório.
Segundo Anízio, o Sindicato APEOC defende a tese de que pelo menos 60% do precatório do Fundef devem ser investidos na valorização do Magistério, como previa a lei de criação do Fundef. “Sendo assim, não aceitem percentuais menores do que esse. A batalha judicial pode demorar, mas o direito dos professores é inegociável”, enfatizou o dirigente cearense.

Ao final, definiu-se:
1. A formação de uma Comissão Estadual de Acompanhamento dos Precatórios na Bahia, que será formada pelo coordenador-geral da APLB-Sindicato, professor Rui Oliveira; pela vice coordenadora, professora Marilene Betros; pelo diretor de Organização, Noildo Gomes Nascimento; mais 18 representantes das diretorias regionais e um advogado por cada regional. O papel dessa comissão será o de pegar todas as ações existentes na Bahia (estaduais e municipais) e sistematizá-las em uma ação coletiva – incluindo os municípios que ainda não deram entrada na Justiça.
2. Paralelo à formação da Comissão Estadual, será criada a Frente Parlamentar em Defesa dos Precatórios, na Câmara de Deputados, em Brasília, podendo ocorrer o mesmo na Assembleia Legislativa.
3. Também ficou definido que haverá um dia de luta estadual e/ou federal pelo pagamento dos precatórios do Fundef aos trabalhadores em educação. Este dia incluirá as reuniões nas diretorias regionais e o acompanhamento jurídico no Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília.
4. Busca de reuniões com o MP (Ministério Público), TCM (Tribunal de Contas dos Municípios, TCE (Tribunal de Contas do Estado e UPB (União dos Municípios da Bahia) para dialogar;

Assim, para discutir os desdobramentos do evento em Salvador, haverá no próximo dia 21 de setembro, em Fortaleza, o Encontro Norte-Nordeste dos Precatórios do Fundef, com a presença do presidente da CNTE, Heleno Manoel Gomes Araújo Filho.


Fonte: Pagina da APLB

Publicidade 


 Filomena Tend Tudo, breve em Nova Cruz

O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

Conheça a nova gerente da Center Móveis Macajuba e concorra a um lindo jogo de sofá




A Loja Center Móveis e Eletro de Macajuba está com nova gerencia, venha nos visitar e também conhecer a nossa gerente Silvana Santana, que preparou um show de ofertas para você, com produtos de ótima qualidade e com formas imperdíveis de pagamento.



Visitando a loja e conhecendo nossa gerente durante todo o mês de setembro você concorrerá a este lindo jogo de sofá 2x3 lugares "




Fones

(74) 9 98160979

(74) 32592329



Conheça nosso site:


www.centermoveiseeletros.com.br



Rua Frederico Costa (Tomba)



Macajuba Bahia
Publicidade



 Filomena Tend Tudo, breve em Nova Cruz

O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

Festa de Vaqueiros volta a abrilhantar Macajuba em um domingo frio e chuvoso

(Fotos e Vídeos Max Ribeiro)
Um dos eventos mais esperado para esse fim de semana foi a grande festa de vaqueiros de Macajuba realizada pela Associação dos Vaqueiros em parceria com a Prefeitura municipal.



A festa começou neste sábado,02 de setembro de 2017, com a tradicional corrida de jegue, já no domingo(03), logo cedo teve Alvorada, e animação continuou com o desfile, logo após teve a missa e em seguida almoço dos Vaqueiros.

A tarde a alegria continuou com a Argolinha no espaço de Bano, o domingo foi frio e chuvoso, mas em nemhum momento tirou o brilho da festa, pelo contrário a chuva abençoou o evento.

Logo após a entrega dos prêmios na Praça de Eventos, foi a vez da vaqueirama encher e derramar com Igor  Rios & Thiago, Paraiba do Acordeom e a festa fechou com Osmar Lenno.







Vídeos:




Publicidade 



 Filomena Tend Tudo, breve em Nova Cruz

O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

Direção do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM) adia para esta quarta-feira o início da competição Sou Elegante de Casaco, saiba porque


(Evaneide Lima participante da competição Sou Elegante de Casaco 2017)


Na tarde deste domingo, 03 de setembro de 2017, o coordenador do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM) gravou uma chamada falando do início da competição Sou Elegante de Casaco, mas a diretoria do Blog adiou o início da competição para esta quarta-feira,06 de setembro de 2017, o motivo teria sido a festa de Vaqueiros, onde o coordenador do Blog estava de folga, como foi expedido pela direção do Blog, onde foi anunciado no grupo de WhatsApp que Cristiano Silva teria dois dias de folga, no domingo apenas matérias do plantão foram postada.


Conforme o regulamento a competição terá suas rodas aos domingos e quarta-feira.


Ainda do tempo de você que é elegante de casaco, mandar a sua foto.



As mulheres mandam fotos vestidas com o casaco para o WhatsApp do Blog ou no bate papo do Facebook e terá uma eliminatória entre as mulheres que mandaram fotos, na disputa a vencedora da final levará uma premiação de R$ 150,00(cento e cinquenta reais) a campeã e vice-campeã R$ 50,00 (cinquenta reais)

Mande sua foto para o nosso WhatsApp (74) 99959451 ou em nosso bate papo do Facebook.

A competição aconteceu em 2015 que foi em comemoração ao show de novidade pelos 4 anos do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM) que na época participaram mais de 40 mulheres e avencedora Valdirene Bastos, na época ganhou com 65 % dos votos como a mais elegante de casaco.

O Blog também realizou a competição Sou Elegante de Vestido e recentemente a competição Sou Rainha de Cachinhos, que também liderou em audiência.

Regulamento:

1- as foto de casaco deve ser recente.

2- As mulheres devem ter mais de 14 anos.

3- A foto deve ser enviada pela participante e não por terceiro.

4- A participante não pode votar nela mesmo.

5- Não aceitamos fotos cortadas pois prejudicará a visualização.

6- As fotos devem ser enviadas até meio dia do dia 03 de setembro de 2017.

7- As disputas serão feitas por sorteios.

8- Os dias de eliminação serão nos domingos e nas quartas-feiras.

9- A candidata pode ser eliminada caso haja ocultação de votos da concorrente.

10- As disputas serão de duas em duas.

11- A competição não tem data definida de termino, pois isso varia de acordo com o número de participantes.

12- Não aceitamos comentários menosprezando a concorrente.

13 não nos responsabilizamos por atritos das participantes com seus respectivos companheiros ou namorados, mas ressaltamos que qualquer comentário vulgar se referindo as participantes, serão excluídos.

Se você é elegante de casaco, envie já sua foto.

Por Cristiano Silva/ Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM)





Publicidade


 Filomena Tend Tudo, breve em Nova Cruz

O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

Publicidade Google

Publicidade Google