terça-feira, 29 de maio de 2018

Macajubense sonha em conhecer a mãe e diz “ já sofri muito e até hoje eu sofro quando chegar às datas comemorativas que eu vejo as pessoas com suas mães e eu nunca vejo a minha”



A Macajubense Iracema, expressou no grupo do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM), o desejo de um dia reencontrar sua mãe, apesar da pouca informação nossa redação se preocupou em falar com Iracema e elaborar uma matéria na esperança de quem saber obtermos sucesso.

Ela diz: "Olha Cris a minha história é muito triste já sofri muito e até hoje eu sofro quando chegar às datas comemorativas que eu vejo as pessoas com suas mães e eu nunca vejo a minha.


Quando ela me deixou eu estava com 9 meses agora estou com 52 anos

A minha mãe Chamava Laurentina Almeida da Cruz,  casada com no religioso e no civil com meu pai Edmundo Alexandrino da Cruz, teve 5 filhas, Zenilda Almeida da Cruz. Maria José, José Almeida da Cruz, Rosália Almeida da Cruz, Iracema Almeda da Cruz.



A minha irmã Maria José ela levou com ela e tem José Luiz Almeida da Cruz, que está em Macajuba. ”

Ela ainda conta que o nome do avô dela chamava Leonel e avó chamava Maria Paula.



Quem souber qualquer informação deve entrar em contato com a redação do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM) (074) 9 99959451

Publicidade do Google
O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

Programação do Arraia do Orobó em Ruy Barbosa é alterada e atrações de fora são suspensas. Evento acontecerá com as bandas locais.

Na manhã desta terça-feira 29 de maio de 2018, o Prefeito de Ruy Barbosa Cláudio Serrada tomou a decisão de suspender parcialmente os festejos do Arraia do Orobó – Santo Antônio 2018.

A decisão foi tomada após vários diálogos com lideranças da sociedade, vereadores municipais e opinião pública.

As atrações de fora foram canceladas e apenas as atrações locais serão mantidas, agora com um novo cronograma que ainda será divulgado. Será cortado também gasto com o palco de Ricardo Som que consumiriam cerca de R$ 100.000,00 (cem mil reais) aos cofres públicos.

A greve dos caminhoneiros que resultou no desabastecimento de combustível, gás, água e outros mantimentos foi um dos motivos para a decisão, porém Cláudio teve como preocupação as conseqüências após os festejos.

Em conversa com o Ruy Barbosa Notícias o gestor falou que terá uma queda de 30% das receitas além de não ter previsão do que está por vir caso a greve prolongue.

Ainda em relação aos festejos juninos, os comerciantes que alugaram os toldos serão isentos da taxa.

Em Ruy Barbosa já foram suspensos vários sérvios, inclusive o Tratamentode Pacientes fora do município, creches, escolas municipais e o CEMAN, mudança no cronograma do serviço de limpeza pública, serviço de Pipa que leva água para as comunidades em situação de vulnerabilidade entre outros.

Uma nova programação está sendo montada com as bandas locais...



Publicidade do Google
O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

Vereador de Macajuba denuncia que Farmacêutica contratada pela prefeitura não está cumprindo carga horaria corretamente



Na sessão da última quinta-feira,24 de maio de 2018. o vereador Everaldo Macedo(PT) cobrou explicações tanto do presidente da Câmara, quanto da prefeita Mary Dias. Everaldo ainda falou sobre a necessidade de implantação da Guarda Municipal em Macajuba.



O edil iniciou sua fala cobrando ao presidente da Casa, Ivanberg Pamponet, que coloque a Lei de Diretrizes Orçamentarias (LDO) em votação. Segundo Everaldo, o prazo para que a Lei fossse colocada em votação se encerrou no dia 15 de abril, mas até o momento a mesma sequer foi enviada as Comissões Legislativas. Sendo assim, o vereador pediu que o presidente apure o que está ocasionando este atraso de mais de 30 dias e dê uma satisfação a população sobre o assunto.



Em seguida, Everaldo citou os roubos que vem ocorrendo em nosso município e chamou a atenção para os mais recentes, ocorridos no dia 22 de maio, onde os assaltantes levaram uma moto e alguns celulares. O edil relembrou a luta do ex-vereador João Cintra para implantação da Guarda Municipal. O vereador afirmou que a prefeita não pode ficar de braços cruzados esperando apenas pelo Governo do Estado: “ela deve buscar alternativas para amenizar a violência no município e a Guarda Municipal é a solução mais rápida nesse momento. ”.



Mas, o assunto que mais ocupou a fala do vereador foi uma denúncia que chegou ao Blog Deixa Comigo Macajuba(DCM), onde o blogueiro Cristiano Silva passou para o vereador que tem esse compromisso de fiscalizar e a denúncia foi apurada pelo edil. A denúncia diz respeito a farmacêutica contratada pela Prefeitura. Segundo Everaldo, em consulta ao Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde ele constatou que a farmacêutica trabalha 100h por semana, sendo: 20h em Macajuba, 50h em Baixa Grande, 20h em Capim Grosso e 10h em Várzea da Roça.



No entanto, o vereador afirmou que esteve na Farmácia do município e foi informado que a farmacêutica só comparece às terças-feiras. Mas, segundo a Resolução nº 577 do Conselho Federal de Farmácia, isso não é permitido.



“Art. 14 - A responsabilidade técnica ou direção técnica é indelegável e OBRIGA O FARMACÊUTICO À PARTICIPAÇÃO EFETIVA E PESSOAL nos trabalhos ao seu cargo. ”.



Isso quer dizer que a farmacêutica deve permanecer na Farmácia e não comparecer apenas às terças-feiras. Além disso, o vereador questionou a carga horária semanal da farmacêutica e argumentou que é humanamente impossível trabalhar 100h por semana: “Se ela trabalhar de segunda a sexta terá que trabalhar das 4h da manhã até meia-noite, isso é humanamente impossível. ”, argumenta Everaldo.



O vereador relembra que um caso parecido ocorreu em 2015 e foi noticiado pelo blog Deixa Comigo Macajuba. Na época a matéria trouxe um Raio X sobre a saúde do município e dentre os casos relatados estava uma médica que trabalhava 100h por semana em 4 municípios diferentes. Inclusive, a referida matéria acarretou a ida da Coordenadora de Atenção Básica e do Secretário de Saúde do município a tribuna da Câmara de Vereadores para dar explicações a população macajubense.



Para finalizar, o vereador Everaldo afirma que “novamente, a situação se repete e a gestão está conivente com essa irregularidade. Vale ressaltar que na folha de pagamento de março essa era a única farmacêutica remunerada pelo município e a mesma recebeu R$ 1.250,00 para comparecer 4 vezes à Farmácia Municipal. Por fim, eu acho que é fundamental para uma gestão ter responsabilidade com os serviços básicos e ofertar sempre o melhor para a população. ”.

Veja o vídeo com a fala de Everaldo na integra:







Ascom/Do vereador Everaldo Macedo


Publicidade do Google
O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

Publicidade Google

Publicidade Google