terça-feira, 30 de julho de 2019

Cadastramento biométrico inicia nessa quarta-feira (31) em Macajuba

A Prefeitura de Macajuba, em parceria com a Justiça Eleitoral, disponibilizará na sede da Secretaria de Assistência Social, a partir dessa quarta-feira (31/7), das 8h às 17h, cabines para a população realizar o cadastro da biometria eleitoral.


Em Macajuba a biometria será obrigatória para as eleições de 2020, e trará mais segurança e confiabilidade aos eleitores.

O atendimento a partir dessa sexta-feira (2/8) será feito por ordem de chegada ou através do agendamento pelo telefone  0800 071 6505 e/ou agendamento.tre-ba.jus.br. Para realizar o cadastro da biometria, o eleitor deverá apresentar um comprovante de residência recente e documento oficial com foto.

Além do cadastro biométrico também será realizado emissão de novos títulos, 2ª via e transferência.


Publicidade

Fabiola Mansur diz que sequência de picuinhas de Bolsonaro tira a dignidade do cargo de presidente

No início desta semana, o presidente Jair Bolsonaro fez a mais dura declaração – difícil de digerir, ao se referir de forma “debochada” ao desaparecimento de Fernando Santa Cruz, pai do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, durante a ditadura militar. Em sua fala, que ganhou repercussão internacional, e que foi rechaçada por diversas autoridades e setores da sociedade civil, o presidente da República afirmou: “Se o presidente da OAB quiser saber como o pai desapareceu no período militar, eu conto para ele”.

A deputada Fabíola Mansur condenou a infeliz declaração do presidente e classificou o ato como inaceitável. “É estarrecedora e repugnante a postura do chefe da Nação que usa sua posição para tripudiar e atacar a memória das pessoas de maneira desumana. Ele ocupa o cargo mais alto e mais importante do país, por isso não pode misturar suas paixões, pois a declaração de um chefe de Estado tem muitos poderes. Essa e outras falas do presidente tiram a dignidade do posto”, afirmou Fabíola.
Após a declaração do presidente, muitas autoridades se manifestaram contra sua postura. Durante entrevista a BBC News Brasil, Felipe Santa Cruz relatou que vai interpelar Bolsonaro no STF, pois sua conduta pode ter sido criminosa, uma vez que no Brasil é crime fazer apologia da tortura conforme o artigo 287 do Código Penal.
Para Fabíola, o presidente de um país não pode governar praticando revanchismos e também se solidarizou com Felipe Santa Cruz e todos brasileiros que perderam familiares durante o regime militar. “Uma das coisas mais doloridas da história brasileira foi a onda de assassinatos na ditadura. O Brasil passou por um momento muito duro e quando o presidente fala uma coisa dessas, ele ofende não apenas o presidente da OAB, mas todas as pessoas que perderam parentes ou sofreram torturas naquele período sombrio. No momento que ele fala desse caso com esse tom agressivo e debochado, ele age de forma incompatível à função que ocupa”, defendeu Mansur.


Publicidade

'Geladeira solidária' é roubada em Salvador menos de 24h após ser instalada


A "geladeira solidária" inaugurada na segunda-feira (29), no bairro de Nazaré, em Salvador, foi roubada menos de 24h após ser instalada. O equipamento recebia doações e disponibilizava alimentos de graça para moradores de rua.
A informação foi confirmada por Alfredo Dorea, gerente da Instituição Beneficente Conceição Macedo (IBCM), responsável pelo projeto "Geladeira Solidária".
“Inauguramos a geladeira na segunda, e hoje, quando chegamos por volta das 6h, já não estava mais no local. A gente saiu daqui ontem, por volta das 19h, e o equipamento ainda estava. Tinha muita comida. Muita gente doou e recebeu alimentos, mas hoje de manhã não estava mais”, contou Alfredo.

O eletrodoméstico estava na porta da IBCM, que fica na Rua Santa Clara do Desterro. Alfredo acrescentou que, na tarde desta terça (30), prestará queixa na delegacia de Polícia Civil.
Esta é a segunda vez que o projeto é interrompido. Em 2015, a instituição tinha implementado a mesma ação, mas teve que cancelar depois que o motor da geladeira foi roubado.



Publicidade

Polícia de SP conclui inquérito e não indicia Neymar por estupro e agressão

Delegada concluiu inquérito na tarde desta segunda. MP tem 15 dias para oferecer denúncia, pedir arquivamento ou novas diligências.

A delegada Juliana Lopes Bussacos, titular da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, concluiu na tarde desta segunda-feira (29) o inquérito que apurava as acusações de estupro e agressão feitas pela modelo Najila de Souza contra Neymar. A polícia decidiu não indiciar o jogador de futebol pelos supostos crimes.
As promotoras do Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica (Gevid) podem oferecer denúncia (acusação formal à Justiça), pedir o arquivamento do inquérito ou novas diligências. O Ministério Público tem 15 dias para se manifestar.

No começo do mês, a Justiça acolheu pedido da delegada e autorizou a prorrogação do inquérito por até 30 dias para que diligências complementares pudessem ser feitas.

A delegada solicitou o acesso às imagens das câmeras de segurança do hotel em Paris, na França, onde supostamente teria ocorrido os crimes, e o prontuário médico do ginecologista particular de Najila.

O Ministério Público pediu as cópias do inquéritos de extorsão, do que apura o suposto furto no apartamento de Najila e sobre divulgação de imagens íntimas da mulher, em apuração no Rio de Janeiro

As cópias dos inquéritos chegaram e foram anexadas à investigação de estupro. Já as imagens e o prontuário médico não chegaram, porém, a delegada decidiu encerrar a investigação mesmo assim.
Cronologia do caso:


Início de maio

Najila mantém contato via rede social com Neymar e ambos passam a se corresponder
Eles acertam a ida de Najila a Paris, com passagem paga pelo jogador

15 de maio

Neymar e Najila se encontram num hotel em Paris, onde ela estava hospedada;
Neste dia, segundo a modelo, ela foi vítima de agressão e de estupro
16 de maio

Os dois voltam a se falar por um aplicativo de mensagens. Ela diz que quer ver o jogador de novo. Neymar diz: "Claro que eu quero transar com você de novo".

O jogador vai de novo ao hotel em que Najila está. Um vídeo mostra a modelo agredindo o jogador a tapas no quarto. O vídeo é interrompido sem mostrar o desfecho da cena;

Neymar deixa o hotel. Mais tarde, os dois trocam mensagens por uma rede social: a modelo envia uma foto com marcas no corpo dela. Neymar responde dizendo que ela havia sido culpada pelas marcas. "Tá doido?", questionou a modelo, afirmando que
pediu para o jogador e que Neymar chegou a pedir desculpas a ela;

21 de maio

Já de volta ao Brasil, Najila se submete a um exame com o médico Luiz Eduardo Rossi Campedelli. O laudo aponta hematomas, arranhões nos glúteos, transtorno
ansioso e depressivo e traumatismos superficiais não especificados;
31 de maio

A modelo registra ocorrência de estupro em uma delegacia de São Paulo;
1º de junho

O caso vem a público. O pai do jogador diz que o atleta é vítima de uma tentativa de extorsão; o advogado que representava Najila na ocasião nega.

2 de junho

Neymar grava um vídeo em que diz que a relação dos dois foi consentida. "Foi uma relação entre homem e mulher, dentro de quatro paredes, algo que acontece com todo casal (...) Agora fui pego de surpresa por causa disso."

3 de junho

Escritório de advocacia contratado pela mulher que acusa o jogador Neymar de estupro rescindiu o contrato com a cliente alegando que ela havia relatado para os advogados que havia sofrido uma agressão, mas não mencionou estupro.

5 de junho

Em entrevista, a modelo disse que se recusou a manter relação sexual com o jogador porque não havia preservativo; segundo ela, ele a virou e bateu violentamente nas nádegas dela;

6 de junho

Neymar depõe em uma delegacia do Rio. Na saída, agradece pelo apoio. "Me senti
muito amado."

7 de junho
Najila presta depoimento em delegacia de SP sobre acusação contra Neymar e diz que vídeo com Neymar estava em tablet que foi furtado.
10 de junho

Segundo advogado de Najila abandona o caso.
12 de junho
Estivens Alves, ex-marido de Najila Trindade Mendes de Souza, presta depoimento na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher em Santo Amaro, na Zona Sul de São Paulo.
Segundo o advogado dele, Estivens vai falar sobre a visita que fez ao apartamento de Najila para retirar o tablet e o notebook do filho do casal.
13 de junho

Neymar depõe em delegacia de São Paulo.
18 de junho

Najila depõe novamente sobre caso Neymar após Justiça determinar que ela
entregasse o celular, porém, advogado da modelo diz que celular de Najila sumiu depois que ela deu o 1º depoimento sobre caso Neymar.
19 de junho

Najila entrega novo celular para a polícia após sumiço do aparelho que usou para falar com Neymar, diz advogado

28 de junho
Amiga da modelo, Yasmin Abdalla presta depoimento para esclarecer como se deu o sumiço do celular de Najila que teria sido usado para gravar o segundo encontro com Neymar em Paris.

1º de julho

Polícia pede mais prazo para investigar caso em que Neymar é acusado de estupro.

11 de julho

MP concorda com pedido da polícia por mais prazo para investigar caso em que Neymar é acusado de estupro.

12 de julho

Justiça dá mais prazo para a polícia concluir inquérito do caso em que Neymar é acusado de estupro.







Fonte: G1






Publicidade

Jegue com canga e acorrentado é visto com frequência na estrada que liga Macajuba a Caldeirão do Morro


Animal com patas acorrentadas é visto com frequência na estrada que liga Macajuba a Caldeirão do Morro, mais precisamente na região do Angelim na zona rural de Macajuba. 



Além de ser um ato de extrema crueldade com o animal que fica se arrastando pela estrada à procura de alimento ou água para saciar suas necessidades fisiológicas, pode provocar um acidente com quem trafega pela estrada.

Lembrando que maus-tratos com o animal é crime.

Caso esse animal reapareça na estrada, a população pode denunciar para as autoridades competentes para que eles descubram quem é o proprietário e responsável por esta barbaridade.



Com a palavra o setor responsável da prefeitura.


Publicidade

Padre Fabio de Melo fala sobre atuação nas redes sociais

Com seu jeito leve e engraçado, ele conquista milhões de seguidores nas redes sociais. Padre Fábio de Melo sabe que faz sucesso, mas se classifica como "vice" nas redes: “Eu sou o príncipe. O rei é o Evaristo”, conta, às gargalhadas, referindo-se ao jornalista Evaristo Costa.


“Sempre tive redes sociais. Tinha um grupo muito pequeno de seguidores e uma vez fiz uma piada, o Marcelo Médici retuitou e ganhei muitos seguidores. As pessoas descobriram que eu tinha um senso de humor nas redes sociais”, explica ele, que hoje soma mais de 15 milhões de seguidores em apenas um de seus perfis.

Segundo o padre, as pessoas gostam de como ele se expõe e se acostumaram com seu jeito brincalhão:

“No início pensavam: 'Será que e ele mesmo?' Achavam que era perfil fake. Descobri que é uma forma delicada de me aproximar das pessoas através do humor. Daí tem a oportunidade de falar de coisas mais consistentes, que é meu trabalho. O humor abriu portas para que eu fizesse minhas reflexões”.

Entre vídeos engraçados com cachorros, ele também dá seu recado com reflexões sobre a vida e os fãs curtem. “Tem semanas que os pensamentos têm muito mais repercussão que o humor. Já tive um texto com 10 milhões impressões”, lembra.

Fazer graça de um jeito sério, só deixa a brincadeira mais divertida:

“Sempre fui de fazer a graça e não parecer que sou eu que estou fazendo. Me divirto. A vida tem um teatro a céu aberto, sempre digo isso. O tempo todo está acontecendo coisa bacana ao nosso lado."

"Gosto de rir das minhas fraquezas. É uma forma que tenho de me libertar e fugir da vaidade”.

Depressão

O padre explica que em nenhum momento se culpou por ter tido depressão: “Nunca me ocorreu a possibilidade que eu não pudesse viver a síndrome do pânico e a depressão. Não é ausência de Deus, é um desequilíbrio químico. São problemas das escolhas que não tem nada a ver com a nossa fé em Deus. Falar sobre é uma forma que tenho de humanizar a doença. Muitos padres se manifestaram agradecendo, que minha coragem de dizer os motivou a ter uma abertura para falar da doença que enfrentavam”.

Padre Fábio conta que o fato de ter uma vida bacana, com tudo em ordem, não significa estar feliz: “Posso estar com uma vida muito feliz, tudo acontecendo como eu esperava e de repente não estar feliz por dentro. Aquilo que eu demonstro exteriormente pode ser um indício do que sou por dentro, mas nem sempre é”.

O queridinho dos artistas

Padre Fábio costuma celebrar casamento dos amigos artistas: “Todo casamento que fiz foi dentro dos processos normais, dentro da igreja, com toda documentação feita naquela paróquia, mas não é muito constante não. O povo está fechado para balanço. A última brincadeira que houve foi sobre o casamento do Luan Santana, era brincadeira. A Jade e o Luan são muito meus amigos e eu brinquei que eu seria o padre do casamento”.


Padre moderninho

Em ótima forma, ele conta que pratica exercícios e prefere preservar sua vida particular:

“Tenho uma vida normal, mas não sou noturno não. Sou muito caseiro, adoro ficar na minha casa, com meus livros, cachorros, família. É a experiência de reabastecimento. Como tenho uma vida muito pública faço de tudo para ter um equilíbrio. Quanto mais há exposição, maior tem que ser a vida reclusa. Malho, tenho minha atividade física. Há 20 anos tenho uma disciplina com alimentação e exercícios. A gente não pode dissociar a saúde do corpo da alma.”
Fonte:G1





Publicidade

Publicidade Google

Publicidade Google