segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Vítima de acidente com van do Sampa Crew recebe alta em Jundiaí

Cinco vítimas seguem internadas no Hospital São Vicente de Paulo, na cidade, e outros dois no Hospital das Clínicas, em São Paulo, com quadro clínico estável. O motorista do carro na contramão morreu; acidente aconteceu na Rodovia dos Bandeirantes.


Uma das vítimas do acidente envolvendo um carro e uma van da banda Sampa Crew passou por exames em um hospital particular de Jundiaí (SP) e recebeu alta neste domingo (18). O acidente deixou um morto e nove feridos na madrugada, na Rodovia dos Bandeirantes, em São Paulo.

Cinco vítimas continuam internadas no hospital de Jundiaí e outras duas, no Hospital das Clínicas, em São Paulo. Duas pessoas feridas receberam atendimento no local do acidente e não precisaram ser hospitalizadas.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o acidente ocorreu por volta das 3h30 na altura do km 30 da Bandeirantes, em Caieiras, no sentido capital paulista. Os dois veículos ficaram destruídos. A banda voltava de um show em Monte Mor (SP).


A Autoban, concessionária que administra a rodovia, informou que um carro com placas de Jarinu (SP) estava na contramão e bateu de frente com a van da banda. O motorista do carro, identificado como Cláudio da Costa Neves, de 29 anos, morreu no local. O corpo dele foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Caieiras.

Conforme apurado pela TV TEM, até as 7h desta segunda-feira (19), nenhum parente foi até a unidade para liberação do corpo.

Ricardo Anthony, um dos vocalistas da banda, estava na van e relatou sobre o acidente. "Se não fosse um casal que estava seguindo a van e relatou o que aconteceu, a gente nem ia saber o que aconteceu. Como que a gente ia esperar um cara vir na contramão, numa rodovia assim. É muita irresponsabilidade."

As cinco vítimas internadas em Jundiaí têm o quadro clínico estável, informou o Hospital São Vicente de Paulo. São eles:

Ronaldo Adriano da Costa
Danilo Rosa da Silva
Tatiana Paulino da Silva
Gilmar da Silva
João Carlos Aquino

Ronaldo e Danilo passaram por cirurgias ortopédicas por conta de fraturas nas pernas. Tatiana e Gilmar seguem internados e não precisaram passar por cirurgias.

João Carlos deve ser transferido para um hospital particular. A assessoria do São Vicente não soube informar se esse hospital é em Jundiaí ou em São Paulo.

Duas pessoas envolvidas no acidente não precisaram ser socorridas e outras duas foram encaminhadas para o Hospital de Clínicas em São Paulo, entre elas, o José Jurandir de Moraes Junior, conhecido como Junior Vox, outro vocalista do grupo. Segundo o HC, o estado dele também é estável.

A polícia deve pedir exame toxicológico do motorista do carro morto no acidente para saber se ele estava sob efeito de drogas ou se havia ingerido bebida alcoólica.



Fonte: G1 




Publicidade

Alunos se revoltam com descaso no Colégio Estadual Macajuba e pede apoio nas redes sociais




Os Alunos do CECC (Colégio Estadual Carlito de Carvalho), postaram em suas redes sociais, a forma que encontraram as salas nesta segunda-feira,19 de agosto de 2019, o relato e desabafo, de um dos estudantes que acorda tão cedo para estudar e encontra o colégio desta forma indignado postou fotos e comentário sobre. 




Em um breve texto também postado nos status de uma rede social, alunos desabafam falando que as salas foram encontradas sem nenhuma higiene, cheio de urina e fezes de ratos, morcegos e palhas vindas de ninhos de pássaros. Aqui fica nossa indignação com relação a Educação do estado da Bahia, que infelizmente vem a cada dia esquecida pelo nosso governador, que na “correria”, está esquecendo que nossos jovens tem de estudar para buscar um futuro melhor.


A também relatos de Professores que disseram, "Estamos lecionando e as fezes dos pardais caindo na cabeça".



Está imagem mostra algo parecendo sistema de energia elétrica e aparece alguns fios.




Falta professor de português também no referido Colégio.

O texto divulgado pelos alunos diz:

“Sala suja sem nenhum tipo de higiene, a sala não estava varrida, as mesas e cadeira totalmente fora da ordem, com urina e fezes de ratos ou até mesmo morcegos no chão, com papel e palhas dos ninhos dos pássaros. Nem se quer tiraram o lixo da lixeira que é ainda da sexta-feira. Literalmente sem possibilidade de dar aula a professora se ausentou.



Falaram com os serventes da limpeza e eles responderam:

- Nos não temos culpa, a diretora que tirou mais um servente da limpeza, sós nos dois não temos como limpar todas as salas. Falem com a diretora.

Agora as 8:09 a diretora ainda não se encontra no colégio.

E os alunos continuam no descaso, sem possibilidade de terem aula no meio a sujeira.”

A reportagem do Deixa Comigo Macajuba ligou para a direção do Colégio, onde foi relatado, que certamente a sala ficou suja na noite de sexta-feira(16), disse que existe uma dificuldade de funcionário e que ficaria feliz se os alunos tivessem limpo a sala e mandado o vídeo para o Blog, pois segundo ela todos tem que zelar pelo patrimônio público.

Sobre os pardais a direção explicou que eles sempre cuidam, mas que o pássaro é irredutível.



Ainda sobre a ausência do professor de português, ela conta que uma das professoras pediu exoneração por problemas pessoais, mas que a direção já solicitou da Secretaria de Educação do Estado.


Publicidade

População de Macajuba pede mais fiscalização e pressão por parte da prefeitura com empresa de que está realizando obras de esgotamento sanitário

As obras de esgotamento sanitário que é um serviço do estado têm causado muitas reclamações em Macajuba, como já foi divulgado aqui no Deixa Comigo Macajuba, além da demora na retirada dos entulhos, os moradores tem que conviver com uma imensa lama nos dias de chuva.

A pavimentação da cidade ficou acabada, com muitos buracos, um péssimo serviço dificultando a vida de idosos cadeirantes e outras pessoas.

A empresa divulgou um numero para reclamações, mas ainda assim o péssimo serviço continua.

Nas ruas as pessoas pedem que a gestora Mary Dias, por ter um poder maior no município possa interver, pois a empresa está destruindo a pavimentação.

Este internauta diz:” A situação do loteamento Milton Cardoso quando chove. A Embasa esqueceu de tirar o entulho daqui, tem tanta lama que não consigo nem tirar a moto de dentro casa. Acho que é por que aqui só mora as pessoas mais humildes. Nas ruas das pessoas que tem maior poder aquisitivo as obras começaram depois e já foram finalizadas. Se der faz uma matéria Cris chamando atenção pra ver se a Embasa acorda e resolve esse problema”






A outra internauta diz: “essa empresa de esgotamento sanitário está detonando todas as ruas de Macajuba. Estão remendando o calçamento tão mal feito que estão acabando com a cidade. Nem os entulhos estão pegando. Se você tivesse alguém para tirar foto da rua da delegacia e a da embasa viria o descaso que está tendo nem só pela empresa, mas também pela prefeitura que está deixando a empresa fazer o que quer.”



Orçada em R$ 11,8 milhões. O anuncio da obra foi feito pelo Governador da Bahia, Rui Costa quando ele teve em Macajuba em 02 de maio de 2018.

Desde maio que foi divulgado um número para reclamações das obras.



O Blog Deixa Comigo Macajuba foi o primeiro canal de comunicação na cidade a ter acesso ao número:



(074) 9 9810-8235










Publicidade

Publicidade Google

Publicidade Google