sexta-feira, 5 de junho de 2020

Ninguém voltará para fila do Bolsa Família após fim do auxílio, diz secretário



Depois de o governo transferir quase R$ 84 milhões do Bolsa Família para publicidade institucional, secretários do Ministério da Economia disseram que o programa está com a fila zerada e que as pessoas que estavam esperando para entrar já estão recebendo o auxílio emergencial de R$ 600.


De acordo com o secretário executivo do Ministério da Economia, Marcelo Guaranys, as pessoas que estavam na fila do Bolsa Família antes da criação do auxílio emergencial serão automaticamente incluídas no programa com o fim do pagamento mensal de R$ 600. "Ninguém voltará para a fila", garantiu.


Conforme dados do Ministério da Cidadania, 433 mil famílias já haviam sido habilitadas, mas ainda aguardavam para entrar no programa no mês passado. O secretário disse ainda que 95% dos beneficiários do Bolsa migraram para o auxílio emergencial, por ser economicamente mais vantajoso. "Os recursos para o Bolsa Família e o auxílio emergencial estão garantidos", completou.


O secretário especial da Fazenda, Waldery Rodrigues, acrescentou que nenhum beneficiário do Bolsa Família foi prejudicado pela decisão do governo de transferir os recursos do programa para a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência (Secom).


Ele lembrou que o governo decidiu prorrogar o auxílio emergencial por mais duas parcelas "em princípio" e que, depois da medida provisória que previa o pagamento permanente do 13º para o Bolsa Família caducar, o governo analisará o espaço orçamentário para seja a parcela extra seja repetida neste ano.


"O custo do 13º do Bolsa Família deve ser de cerca R$ 2,5 bilhões. Alocaremos recursos para pagamento do Bolsa Família conforme decisão política", completou.


Questionado do porquê da transferência de recursos do Bolsa Família para publicidade institucional, e não para ações relacionadas ao covid-19, por exemplo, Rodrigues disse que o Ministério da Economia atende demandas setoriais e que o valor "é muito pequeno" em comparação aos mais de R$ 150 bilhões destinados ao combate da pandemia. "Estamos alocando vários bilhões de reais a áreas associadas à covid-19", completou.


Conforme portaria publicada ontem, o governo federal retirou R$ 83,9 milhões que seriam usados no programa Bolsa Família para destinar à Secom. A medida atinge os recursos previstos para a região Nordeste do País e o dinheiro será utilizado para comunicação institucional, ou seja, para fazer publicidade das ações da gestão. O valor total destinado ao Bolsa Família no ano inteiro é de R$ 32,5 bilhões.






Fonte




Publicidade Atenção Macajuba e região . Chegou a Faculdade Cidade Verde. Com ensino semi presencial. Com aulas uma vez por semana. Com curso de graduação e pós graduação. - pedagogia - psicopedagogia - Educação fisica - letras com libras - administração Faça seu curso superior pertinho de casa . Mensalidades apartir de 180,00 Interessados procurar Professora Ana Rita . Contato: 75-99952-2811 Gestora Responsável : Márcia Cristina 75- 99118-8667 Site: unifcv.edu.br

Família de Zoin morto em operação policial em Macajuba procura imprensa e contesta nota da polícia



Na tarde desta sexta-feira, 05 de junho de 2020, os familiares de um dos homens que acabaram indo a óbito em operação da CIPE Chapada na última terça-feira (04) em Macajuba, procuraram a imprensa local para divulgar o antecedente criminal de Edvaldo (Zoin).

Ainda segundo os familiares, Zoin não possuía passagens pela polícia, como foi revelado nas informações passadas pela polícia, a família contesta através de um print que mostra uma consulta de Antecedentes Criminais realizada no dia 03/06/2020, onde consta que Zoin não possuía nenhum antecedente criminal;

Confira o print passado pela família:


 Publicidade Atenção Macajuba e região . Chegou a Faculdade Cidade Verde. Com ensino semi presencial. Com aulas uma vez por semana. Com curso de graduação e pós graduação. - pedagogia - psicopedagogia - Educação fisica - letras com libras - administração Faça seu curso superior pertinho de casa . Mensalidades apartir de 180,00 Interessados procurar Professora Ana Rita . Contato: 75-99952-2811 Gestora Responsável : Márcia Cristina 75- 99118-8667 Site: unifcv.edu.br

'Acabou matéria no Jornal Nacional', diz Bolsonaro sobre atrasar dos dados da covid-19



BRASÍLIA - Questionado sobre o terceiro dia com atraso seguido na divulgação de mortos e infectados pela covid-19 pelo Ministério da Saúde, o presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta sexta-feira, 5, que "acabou matéria no Jornal Nacional", telejornal da TV Globo, sobre a doença.


Bolsonaro não confirmou que é dele a ordem para que os dados, antes entregues por volta das 19h, sejam apresentados apenas às 22h. "Não interessa de quem partiu (a ordem). Acho que é justa essa ideia da noite, sair o dado completamente consolidado", disse o presidente.

A primeira divulgação às 22h ocorreu na quarta-feira, quando o Brasil confirmou, em 24h, que covid-19 era a causa de 1.349 mortes que estavam sob análise, número recorde. No dia seguinte, novo recorde: 1.473.

Em declaração à imprensa em frente ao Palácio da Alvorada, Bolsonaro disse que "ninguém tem de correr para atender a Globo" e cobrou que sejam divulgados apenas os números de pessoas que morreram naquele dia.

O número de vítimas do novo coronavírus confirmadas de um dia para o outro, de fato, não significa que todas as mortes ocorreram neste período. Os dados consideram investigações de óbitos que só foram encerradas nas últimas 24h, mas podem ter ocorrido semanas antes.

Há, porém, 4.159 mortes em análise, que podem ainda aumentar a conta de vítimas da covid-19. Ou seja, o número de mortes confirmadas em cada dia cresce conformes estas análises são concluídas.

Como o Estadão revelou, informes da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) enviados ao Palácio do Planalto e a ministros alertam para alta subnotificação de infectados e mortos no Brasil. “A participação do Brasil torna-se mais significativa se for considerado que o País tem 10 a 15 vezes menos testes diagnósticos realizados por milhão de habitantes que os demais (países) e, portanto, é provável que os números brasileiros estejam subestimados e sejam de maior proporção do que os apresentados”, diz relatório de 12 de maio.

O dia com maior número de mortes (670) pela covid-19 no Brasil foi 12 de maio, segundo dados de quarta-feira, 3. Como a mortes em investigação, este dado ainda deve crescer.

Bolsonaro também voltou a minimizar, nesta sexta-feira, 5, números da doença no País. Ele sugeriu que outras doenças são a causa real de muitas mortes.

"Tem de saber quem perdeu a vida 'do covid' ou 'com covid'. A pessoa tem 10 comorbidades, 94 anos. Tem, pegou vírus. Potencializa. Parece que esse pessoal.. Globo, Jornal Nacional, gosta de dizer que o Brasil é recordista em mortes. Falta, inclusive, seriedade. Mortes por milhões de habitantes, nem se faz", disse Bolsonaro.

Conforme dados de quinta-feira, 4, o País atingiu a marca de 34.021 vidas perdidas pela covid-19, tornando-se o terceiro em número de mortos, segundo ranking da Universidade Johns Hopkins, às 19h, desta quinta-feira, 4.

O Ministério da Saúde nega atraso proposital. “Essas situações podem acontecer, porque esse processo de checagem é muito variável”, disse o secretário substituto de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário na quinta-feira, 4.

A divulgação tem sido feita cada vez mais tarde. No começo da pandemia, ainda na gestão de Luiz Henrique Mandetta (DEM), a situação epidemiológica era apresentada diariamente em entrevista à imprensa. Desde o começo de maio, na gestão de Nelson Teich, os dados passaram a ser divulgados à noite e são comentados por técnicos apenas em declarações a jornalistas no dia seguinte.

Desde a saída de Mandetta, a comunicação do Ministério da Saúde tem sido esvaziada pelo Palácio do Planalto. Segundo técnicos da pasta, é uma imposição de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro, por exemplo, parar de divulgar nas redes sociais da Saúde o número diário de mortes confirmadas. Agora, o ministério divulga nas redes sociais o "placar da vida", que destaca o número de recuperados.

O número de recuperados, comemorado pelo governo, porém, espelha um dado negativo: o de infectados. Quanto maior a soma de pacientes, maior será o de recuperados.

As entrevistas da Saúde à imprensa também perderam protagonismo. Antes, o ministro ou o "número 2" da pasta, secretário-executivo, conduziam as declarações ao lado de técnicos da Secretaria de Vigilância Sanitária.

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, porém, não participa das coletivas. As perguntas ao ministério têm sido respondidas por secretários substitutos, que negam-se a responder temas mais espinhosos.




Fonte: msn







Publicidade Atenção Macajuba e região . Chegou a Faculdade Cidade Verde. Com ensino semi presencial. Com aulas uma vez por semana. Com curso de graduação e pós graduação. - pedagogia - psicopedagogia - Educação fisica - letras com libras - administração Faça seu curso superior pertinho de casa . Mensalidades apartir de 180,00 Interessados procurar Professora Ana Rita . Contato: 75-99952-2811 Gestora Responsável : Márcia Cristina 75- 99118-8667 Site: unifcv.edu.br

Secretaria de Saúde de Ruy Barbosa divulga novo boletim do novo coronavírus (Covid-19)




Nesta sexta-feira dia 05, foi confirmado o quarto caso positivo para coronavírus no município de Ruy Barbosa. Trata-se de um paciente da mesma família do terceiro caso, divulgado nesta terça-feira (veja aqui).




Nosso município possui um caso suspeito, que é da mesma família do terceiro e quarto caso. Vale salientar que o Ruy Barbosa Notícias não tem acesso a identidade dos pacientes, porém está aberto para entrevista caso seja o anseio do paciente.

Fonte: Ruy Barbosa notícias


Publicidade Atenção Macajuba e região . Chegou a Faculdade Cidade Verde. Com ensino semi presencial. Com aulas uma vez por semana. Com curso de graduação e pós graduação. - pedagogia - psicopedagogia - Educação fisica - letras com libras - administração Faça seu curso superior pertinho de casa . Mensalidades apartir de 180,00 Interessados procurar Professora Ana Rita . Contato: 75-99952-2811 Gestora Responsável : Márcia Cristina 75- 99118-8667 Site: unifcv.edu.br

Trecho de umas das ruas mais antigas do distrito de Nova Cruz espera pavimentação há vários anos e moradores criticam prepostos da prefeitura por tapar buracos com galhos de matos



Uma das Ruas mais antigas do distrito de Nova Cruz, a Rua Mariano Vieira tem um trecho, que faz vergonha para os governantes do município, diversas vezes já mostramos aqui buracos, que sempre são tapados, mas com a força da enxurrada da chuva sempre voltam e moradores passam transtornos diariamente.

Está foto enviada ao Deixa Comigo Macajuba mostra que foi colocado matos para tapar os buracos, de acordo com os moradores, foi os prepostos da prefeitura quem tentou para amenizar a situação.



Os moradores questionam, isso aqui nunca vai ser calçado?



A assessoria da prefeitura de Macajuba informou, que irá viabilizar o patrulhamento do trecho, após a manutenção da estrada que liga a sede ao distrito, mas em momento algum falou sobre pavimentação.

Publicidade Atenção Macajuba e região . Chegou a Faculdade Cidade Verde. Com ensino semi presencial. Com aulas uma vez por semana. Com curso de graduação e pós graduação. - pedagogia - psicopedagogia - Educação fisica - letras com libras - administração Faça seu curso superior pertinho de casa . Mensalidades apartir de 180,00 Interessados procurar Professora Ana Rita . Contato: 75-99952-2811 Gestora Responsável : Márcia Cristina 75- 99118-8667 Site: unifcv.edu.br

Bolsonaro atrasa balanços de mortos por covid-19 para não passar no Jornal Nacional

Nesta sexta-feira (5), o jornal Correio Braziliense divulgou que presidente da República, Jair Bolsonaro, mandou atrasar a divulgação do balanço diário de mortos por coronavírus para que as informações não não circulem em telejornais noturnos, como o Jornal Nacional, da TV Globo.

O Ministério da Saúde vinha divulgando os dados diariamente até as 17h e os balanços eram exibidos nos principais telejornais do país. Porém, segundo a publicação, uma fonte do alto escalão do governo disse que Bolsonaro deu a ordem definitiva para que o balanço só seja divulgado às 22h


Nesta quinta-feira (4), o âncora do ‘Jornal Nacional’, William Bonner, comentou no ar o estranhamento do atraso dos dados, que no caso revelava que o país tinha registrado o recorde de 1.473 mortes por coronavírus em apenas 24 horas.
A estratégia seria criar uma falsa sensação de segurança na população, para que a economia possa ser integralmente retomada independente do grande aumento de mortes por coronavírus no país.

Ainda segundo o Correio Braziliense, o ex-Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta teria recebido este mesmo pedido de atraso dos balanços, porém ele teria se recusado a atrasar a divulgação dos números, o que contribuiu para seu choque com Bolsonaro.


Fonte Itaberaba Notícias



Publicidade Atenção Macajuba e região . Chegou a Faculdade Cidade Verde. Com ensino semi presencial. Com aulas uma vez por semana. Com curso de graduação e pós graduação. - pedagogia - psicopedagogia - Educação fisica - letras com libras - administração Faça seu curso superior pertinho de casa . Mensalidades apartir de 180,00 Interessados procurar Professora Ana Rita . Contato: 75-99952-2811 Gestora Responsável : Márcia Cristina 75- 99118-8667 Site: unifcv.edu.br

A Prefeitura de Macajuba inicia recuperação da estrada que liga a sede ao distrito de Nova Cruz.

A Prefeitura Municipal de Macajuba intensificou os serviços de recuperação das estradas vicinais da zona rural. A ação tem como objetivo garantir a melhor trafegabilidade e o acesso de veículos.
Estão sendo realizados serviços de nivelamento da estrada, alargamento das laterais para o escoamento da água e encascalhamento.

Os trabalhos de manutenção e recuperação das estradas são contínuos. A Prefeitura de Macajuba continuar trabalhando no sentido de oferecer melhores condições para os produtores, moradores e alunos que utilizam as estradas, para que tenham segurança e conforto ao percorrer as estradas vicinais.

Publicidade Atenção Macajuba e região . Chegou a Faculdade Cidade Verde. Com ensino semi presencial. Com aulas uma vez por semana. Com curso de graduação e pós graduação. - pedagogia - psicopedagogia - Educação fisica - letras com libras - administração Faça seu curso superior pertinho de casa . Mensalidades apartir de 180,00 Interessados procurar Professora Ana Rita . Contato: 75-99952-2811 Gestora Responsável : Márcia Cristina 75- 99118-8667 Site: unifcv.edu.br

Auxílio Emergencial: Calendário da 3ª parcela já tem data para ser liberado; Veja



O calendário de pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial já tem data para ser liberado, de acordo com o governo federal, a promessa é de que o calendário seja divulgado na próxima segunda-feira, 8 de junho. O cronograma deve ainda ser similar ao cronograma da 2ª parcela, com a divisão entre os grupos de beneficiários.
Assim como na segunda parcela a divisão por grupos visa evitar a aglomeração nas agências, em função da pandemia do novo coronavírus.

Pagamento da terceira parcela

A princípio, a Caixa irá realizar o depósito para os beneficiários do Bolsa Família, conforme o dígito final do Número de Identificação Social (NIS). Depois, serão ocorrerá o crédito na conta poupança digital, segundo os meses de nascimento.
Seguindo os critérios da segunda parcela, a Caixa Econômica Federal irá depositar primeiro para os beneficiários que recebem o Bolsa Família, seguindo a ordem do digito final do NIS. Logo em seguida o credito será liberado em poupança digital seguindo assim como na segunda parcela o mês de nascimento.
O Auxílio Emergencial de R$ 600 poderá ser utilizado através do aplicativo do Caixa Tem que possui uma série de recursos como pagamento de boletos, pagamento por QR Code e também como um cartão digital para compras online e em grandes redes de mercado.
Como não menos esperado por último haverá o calendário para saque em dinheiro de R$ 600 do auxílio.

Prorrogação do Auxílio Emergencial

O Auxílio Emergencial pode ser estendido por mais dois meses após o pagamento inicial de três meses tiver terminado. Foi o que o presidente Jair Bolsonaro afirmou na noite desta terça-feira (2). No anúncio, Bolsonaro afirmou que pode liberar mais dois pagamentos, além dos três já aprovados. Contudo, o presidente não informou se o valor continuará sendo de R$ 600.

“Temos mais uma parcela de R$ 600,00, depois mais duas acertadas com o Paulo Guedes. Falta definir aí o montante. E vamos esperar que até lá os outros governadores entendam o que seja melhor pro seu estado e adotem medidas pra voltar aí o povo a trabalhar”, disse Bolsonaro, em fala na saída do Palácio da Alvorada.
Dessa forma, além da informação de que o Auxílio Emergencial pode ser estendido por apenas mais dois meses.

Fonte: msn



PublicidadeAtenção Macajuba e região . Chegou a Faculdade Cidade Verde. Com ensino semi presencial. Com aulas uma vez por semana.  Com curso de graduação e pós graduação. - pedagogia - psicopedagogia - Educação fisica - letras com libras - administração Faça seu curso superior pertinho de casa . Mensalidades apartir de 180,00 Interessados procurar Professora Ana Rita . Contato: 75-99952-2811 Gestora Responsável : Márcia Cristina 75- 99118-8667 Site: unifcv.edu.br




Publicidade Google

Publicidade Google