Estamos em manutenção

Ouça a matéria em áudio

sexta-feira, 9 de abril de 2021

Vereador pede esclarecimento sobre Auxílio emergencial da Lei Aldir Blanc, que beneficiaria setor cultural de Macajuba e foi devolvido pelo ex-gestor do MDB.



Compartilhe



O Vereador Celio (PSD) usou a tribuna da Câmara de Vereadores de Macajuba na noite desta quinta-feira, 08 de abril de 2021 para pedi explicação sobre um fato lamentável que aconteceu em Macajuba, sobre A lei Aldir Blanc, como ficou conhecida, tinha objetivo de ajudar profissionais e organizações culturais que perderam renda em razão da crise do coronavírus.

Como já foi divulgado em primeira mão aqui no Deixa Comigo Macajuba, O município de Macajuba teria sido contemplado com o repasse no valor de R$ 100.725,34 (Cem mil, setecentos e vinte e cinco reais e trinta e quatro centavos), no dia 28 de outubro de 2020, porém o valor não foi usado pela gestão passada do MDB, e acabou sendo devolvido no dia 31 de dezembro de 2020, sem nenhum centavo gasto.

Continue lendo após a publicidade




Celio pediu uma explicação, onde o vereador Netinho Xodó(MDB) disse que vai se informar sobre o assunto.

Celio e Netinho, além de ser vereadores fazem parte da musica e Netinho fez parte da educação da gestão do ex-prefeito Murilo, que devolveu o dinheiro. 

Continue lendo após a publicidade




Com isso organizações culturais e profissionais do município ficaram sem receber o benefício, por falta de empenho e vontade da gestão do MDB, comandada na época, pelo ex-prefeito, Murilo Sampaio.

O que é a lei de apoio emergencial à cultura?

A lei 14.017 estabelece o repasse de recursos financeiros da União para estados, Distrito Federal e municípios.

Continue lendo após a publicidade


O valor do repasse estabelecido pela lei é de R$ 3 bilhões e se destina principalmente a três finalidades:


• Pagamento de uma renda emergencial aos trabalhadores da cultura em três parcelas de R$ 600 (leia mais abaixo);

• Subsídio mensal para manutenção de micro e pequenas empresas e demais organizações comunitárias culturais e também de espaços artísticos que tiveram que paralisar as atividades por causa da pandemia;

• Realização de ações de incentivo à produção cultural, como a realização de cursos, editais, prêmios.

Segundo o projeto, de autoria da deputada Benedita da Silva (PT-RJ), o objetivo é ajudar profissionais da área e os espaços que organizam manifestações artísticas que, em razão da pandemia do novo coronavírus, foram obrigados a suspender os trabalhos. Ela ficou conhecida popularmente como “Lei Aldir Blanc”, em homenagem ao músico e compositor que morreu em maio, vítima do coronavírus.



Confira a fala de Celio na integra:

 


 

   Publicidade:




 

Publicidade Google

Publicidade Google

A Esther Top Modas conta com moda Masculino, Feminino Adulto e infantil com preço q cabe no seu bolso, venha conferir! Localizada no calçadão em frente e a lotérica, funcionado de Segunda a Sábado.

Organização: Jean Silva.