Deixa Comigo Macajuba: Preocupante! Em cada 100 casas no município de Macajuba 10 tem foco do mosquito Aedes, diz agente de endemias em entrevista no rádio

Publicidade Google

Ouça ao vivo Web Rádio DCM

Publicidade Google

Ouça a matéria em áudio

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Preocupante! Em cada 100 casas no município de Macajuba 10 tem foco do mosquito Aedes, diz agente de endemias em entrevista no rádio

|    
Curta nossa pagina no Facebook


(Mosquito Aedes aegypti, Foto: Internet)


Na noite desta segunda-feira 04 de abril de 2016, o programa Voz da Cidadania da Rádio Capivari FM tratou de um tema atual e preocupante o mosquito Aedes aegypti, capaz de transmitir numerosas doenças diferentes, a dengue, o zika vírus, chikungunya e a microcefalia.

Quem esteve presente na entrevista esclarecedora foi a chefe dos agentes comunitário do município, Evanuzia Araújo e o agente de endemias Ubiatâ que é contrato pelo Estado e atua no munícipio de Macajuba.

Ubiatá trouxe dados preocupante sobre o foco do mosquito Aedes, segundo ele de cada 100 em casas no município macajubense 10 tem o foco do mosquito, o que representa que o município está com 10% de foco, na opinião dele é preocupante, pois o município já teve menos de 1%.

Os entrevistados sobre o assunto deram algumas dicas para evitar a proliferação do mosquito, entre as dicas estão o cuidado com a antena parabólica que existe um local que junta água e a geladeira que acumula água do gelo.

Evitar água parada.

Sempre que possível, esvaziar e escovar as paredes internas de recipientes que acumulam água.

Manter totalmente fechadas cisternas, caixas d’água e reservatórios provisórios tais como tambores e barris.



Furar pneus e guardá-los em locais protegidos das chuvas.



Guardar latas e garrafas emborcadas para não reter água.



Limpar periodicamente, calhas de telhados, marquises e rebaixos de banheiros e cozinhas, não permitindo o acúmulo de água.



Jogar quinzenalmente desinfetante nos ralos externos das edificações e nos internos pouco utilizados.



Drenar terrenos onde ocorra formação de poças.



Não acumular latas, pneus e garrafas.



Encher com areia ou pó de pedra poços desativados ou depressões de terreno.



Manter fossas sépticas em perfeito estado de conservação e funcionamento.



Colocar peixes barrigudinhos em charcos, lagoa ou água que não possa ser drenada.



Não despejar lixo em valas, valetas, margens de córregos e riachos, mantendo-os desobstruídos.



Manter permanentemente secos, subsolos e garagens.



Não cultivar plantas aquáticas.

O apresentador do programa Tarciano Macêdo falou sobre o novo aplicativo de celular chamado caça mosquito.

O programa voz da cidadania vai ao ar pela Rádio Capivari FM toda segunda-feira as 18: 30.

Saiba como utilizar o aplicativo caça mosquito:


O aplicativo Caça Mosquito tem o objetivo de mapear zonas com focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, da febre Chikungunya e do vírus Zika. O mapeamento é feito por meio de geolocalização, utilizando o GPS do aparelho celular, e o usuário não precisa divulgar a sua identidade.

Os usuários fotografam e informam locais com possíveis criadouros do mosquito e as informações coletadas são transmitidas para os órgãos municipais competentes, para que sejam tomadas as devidas providências.

Qualquer pessoa pode fotografar e denunciar criadouros, em qualquer lugar e a qualquer hora. Veja abaixo o passo a passo de como usar o aplicativo. Faça a sua parte. Localize, denuncie e apoie esta ideia!

Para Android, vá até a Google Play Store e baixe oaplicativo Caça Mosquito emhttps://goo.gl/Om6JvA. Para iOs acessehttps://goo.gl/yzYuU5

Após instalar o aplicativo no celular, clique no botão “+” para iniciar a navegação e visualizar o menu.
Visualize os itens do Menu (Fotografia, Mapeamento, Denúncias e Dúvidas). Para registrar sua denúncia, clique no ícone da câmara fotográfica.


Clique no ícone da câmara fotográfica e publique uma foto com o possível criadouro do mosquito. Faça um comentário em forma de texto e clique em seguida na seta “->” na barra superior da tela para continuar a navegação.

Caso deseje visualizar os itens do menu, clique no botão “+”.


Mapeie, através do GPS, a localização exata do criadouro de mosquito Aedes Aegypti e clique na seta “->” na barra superior da tela para continuar a navegação.

Caso deseje visualizar os itens do menu, clique no botão “+”.


Visualize os outros locais onde já tem foram feitas as denúncias. Nesta tela existe a possibilidade deapoiar ou denunciar a imagem. Após a análise,compartilhe o aplicativo com familiares e amigos na rede social.

Caso deseje visualizar os itens do menu, clique no botão “+”. 
Vá atéaGoogle Play Store e baixe o aplicativo Caça Mosquito emhttps://goo.gl/Om6JvA. Após instalar o aplicativo no celular, clique no botão “+” para iniciar a navegação e visualizar o menu.
 Reportagem: Blog Deixa Comigo Macajuba(DCM)




O Espaço para comentar a matéria está logo abaixo: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog Deixa Comigo Macajuba (DCM).

Comente com o Facebook:

Deposito de Bebidas São Bernardo

Bebidas, Gelo, Água, Carvão, Descartáveis e muito mais. Aberto todos os dias das 8:00 as 19 horas. Trabalhamos com evento, além de cerveja, frios.

Temos excelentes preços. Disque entrega: (74)9 99448708 Aceitamos cartão de credito e debito

Direção: Lais e Robson. AV. Frederico Costa, N 66. Centro, Macajuba BA

Publicidade Google

Arquivo do blog

Total de Visitas

Volte ao ▲ Topo