sexta-feira, 4 de outubro de 2019

BOCA FECHADA NÃO ENTRA MOSCA: Quando alguém diz a uma pessoa que ela está namorando/ficando/casando com outro por interesse pode ir parar na delegacia, confira as explicações do delegado de Macajuba



O Deixa Comigo Macajuba conversou com o Delegado de Polícia que responde pelo município de Macajuba, o Sr. Almir Goês, o bel explicou sobre quando a fofoca vira difamação e pode virar caso de Polícia.

O delegado que vem fazendo um bom trabalho em Macajuba diz:



“Tenho sido questionado pelo Blogueiro Cristiano sobre os crimes contra a Honra, os quais estão disciplinados nos artigos 138(Calúnia), 139(Difamação) e 140(Injúria) do CPB. A calúnia ocorre quando alguém imputa a outra pessoa um fato definido como crime.



O ataque é a honra objetiva da pessoa (a reputação, o conceito em que cada pessoa é tida). Exemplo: Quando alguém acusa falsamente um outro de furtou, como furto é definido como crime, quem acusa falsamente cometeu calúnia.

Na difamação, ao contrário, o fato não é definido como crime, mas ofensivo à reputação. Exemplo: quando alguém diz a uma pessoa que ela está namorando/ficando/casando com outro por interesse.

Na difamação o fato é determinado e a imputação não necessita ser falsa; ainda que verdadeira, haverá o delito.

Na Injúria alguém ofende a dignidade ou o decoro de outro.

O ataque é a honra subjetiva (sentimento que cada pessoa tem a seu respeito de seu decoro ou dignidade). Havendo, ainda, a injúria consistente na ofensa a elementos referentes a raça, cor, etnia, religião, origem ou a condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência.



Portanto para ver-se livre desses crimes e de ter que responder a um procedimento policial e judiciário com esfera na seara crime e civil (em pedido de reparação por dano) o melhor caminho é o conselho da vovó: BOCA FECHADA NÃO ENTRA MOSCA. UM ABRAÇO. DR. ALMIR GÓES. DELEGADO DE POLICIA CIVIL.
(Arquivo Deixa Comigo Macajuba)






Publicidade

7 dicas de saúde bucal para crianças com necessidades especiais, se ligue na agenda da Clionm Clinica Odontológica de Macajuba


Dr Alexandre irá atender nesse sábado dia 05/ pela manhã.

Segunda dia 07/ o dia todo.

Terça dia 08/ também o dia todo, agende já a sua consulta.

O seu sorriso em boas mãos temos prótese dentaria, obturação, restauração, limpeza, aparelho ortodôntico.

Fones: Número de celular, com WhatsApp. 074 99956_1978 Fixo: (74) 3259 2179 , fale com a funcionaria Sarah.

Rua Dr José Marcelino de Souza nº 114 Macajuba Bahia.



Dica da Semana:


É comum que quando falamos em saúde bucal para crianças com necessidades especiais, as pessoas já se lembrem de crianças com Síndrome de Down ou algum tipo de deficiência mental, como paralisia cerebral. No entanto, os pequenos que são vítimas de alguma incapacidade física também precisam de cuidados redobrados.

Há os casos de deficiência que impedem que a criança realize sozinha necessidades básicas, como escovar os dentes. E, mesmo que ela consiga fazer isso sozinha, os pais ou responsáveis devem acompanhar de perto o processo, pois a imunidade em pessoas com deficiência é mais frágil e isso pode afetar diretamente sua integridade bucal.

Se você tem dúvidas de como ajudar seu filho com necessidades especiais a cuidar de seu sorriso, preparamos um post especialmente para falar sobre esse assunto. Mas, primeiro, vamos ver quais são os problemas de saúde bucal mais comuns em crianças com necessidades especiais. Confira!

Problemas bucais comuns em crianças com necessidades especiais

Crianças com necessidades especiais são mais propensas a desenvolver problemas bucais do que as outras crianças. Isso se deve à dificuldade da higienização, à própria doença, que pode gerar um desequilíbrio no organismo e ao uso contínuo de medicamentos.

As crianças com algum distúrbio genético podem apresentar atrasos no desenvolvimento dos dentes permanentes. Malformação dentária, erupção de dentes extras ou falta de dentes também são comuns nesses casos.

Dentes desalinhados ou aglomerados, que são comuns a essas crianças, dificultam a higiene bucal, por isso, as crianças ficam mais suscetíveis a cáries e doenças na gengiva.

Crianças que sofrem de paralisia cerebral ou outros tipos graves de doença mental podem apresentar trauma dentário com mais frequência. Isso porque são mais propensas a bruxismo (hábito de ranger os dentes). Esse problema torna os dentes achatados e causa desgaste no esmalte dentário.

Medicamentos usados para doenças graves também contribuem para problemas bucais, pois alguns deixam a boca seca ou contém açúcar em sua composição, o que favorece o aparecimento de cáries.

Outro efeito colateral comum a esses medicamentos é que eles contribuem para o crescimento excessivo da gengiva. Então, se seu filho tem alguma deficiência que exige cuidados especiais, você deve conversar com o médico a respeito da medicação dele para verificar os efeitos negativos sobre seu corpo e sua integridade bucal.

Veja com cuidar da saúde bucal de crianças com necessidades especiais
O acesso à saúde bucal para crianças com necessidades especiais é mais difícil do que para crianças comuns. Além da incapacidade física ou mental dificultar o processo — pois nem sempre seu filho vai cooperar na hora de escovar os dentes — , ainda há uma certa dificuldade para encontrar profissionais especializados em atender esse tipo de paciente.

Por isso, você precisa ter cuidados redobrados com seu filho especial. Veja como você pode ajudá-lo a ter um sorriso livre de cáries e outras doenças.

1. Inicie os cuidados com a higiene bucal da criança desde cedo


Quanto antes você começar a cuidar da higiene bucal de seu filho, mais tarde ele pode desenvolver doenças bucais. Isso vale para todas as crianças, com necessidades especiais ou não.

Por isso, inicie os cuidados com a higiene oral de seu filho desde os primeiros meses de vida dele. Quando ele ainda não possuir os primeiros dentinhos, você pode usar uma fralda ou gaze umedecida em água. Logo que nascem os dentes, é hora de introduzir a escova dental em sua rotina diária.

2. Adapte a escova de dentes

Crianças com deficiência motora dificilmente vão conseguir escovar os dentes sozinhas, pois elas não conseguem segurar firmemente a escova. Para contornar esse problema, você pode fazer uma adaptação, usando faixas elásticas para prender a escova à mão da criança.

O SENAI de São Paulo desenvolveu um projeto de suporte para escova de dentes para deficiente. Veja o vídeo e se inspire!

3. Use escovas de dente elétricas

Outra opção para cuidar da saúde bucal de crianças com necessidades especiais é usar uma escova de dentes elétrica. Elas são ótimas aliadas dos pequenos com falta de habilidade motora, pois, com elas, a limpeza é mais rápida.

Embora esse modelo de escova possibilite que a criança escove os dentes sozinha, os pais ainda devem acompanhar esse processo de perto. Além disso, é preciso ficar atento, pois o barulho e a vibração da escova podem assustar algumas crianças.

4. Use abridores de boca


Quando a criança for incapaz ou não quiser ficar com a boca aberta, você vai precisar de um abridor de boca para escovar os dentes dela. Nesses casos, você deve pedir orientação ao dentista de seu filho, para que ele lhe oriente sobre a melhor forma de fazer a higiene bucal da criança sem traumatizá-la ou machucá-la.

5. Escove os dentes da criança regularmente


Pode parecer clichê citar essa informação, mas é normal que os pais tenham uma certa dificuldade de fazer a higiene bucal regular da criança deficiente, principalmente aquelas com deficiência grave, que dão muito trabalho e demandam tempo. Porém, é importante escovar os dentes do seu filho pelo menos duas vezes ao dia e nunca deixar que ele durma sem essa higienização.

6. Cuide da alimentação deles

Crianças com deficiências ou limitações físicas nem sempre precisam de uma dieta diferenciada. Nesses casos, é normal que elas tendam a ter uma alimentação rica em açúcar, como refrigerante e outros alimentos que prejudicam seus dentes.

Por isso, você deve incluir na alimentação de seu filho deficiente muitas frutas, legumes, verduras, alimentos integrais e evitar doces, balas e outras guloseimas prejudiciais à saúde bucal.

7. Procure por profissionais especializados


Crianças com necessidades especiais precisam de profissionais especializados. Além dos odontopediatras, há aqueles dentistas especialistas em cuidar de deficientes, sejam físicos ou mentais.

Esses profissionais possuem equipamento e treinamento para lidar com pacientes especiais. Sendo assim, a criança estabelece um elo de confiança com o dentista, tornando as consultas mais fáceis. As consultas devem ser periódicas, pois isso evita que seu filho desenvolva problemas bucais.

Apesar de o acesso à saúde bucal para crianças com necessidades especiais ser mais difícil, você não deve deixar de levar seu filho ao dentista, pois sua integridade oral influencia diretamente em sua qualidade de vida.








Publicidade

Eleição para Conselheiros Tutelar acontece neste domingo (06) em Macajuba, confira um esclarecimento do presidente do CMDCA e outras informações




Acontece neste domingo, 06 de outubro de 2019 em Macajuba a eleição para Conselheiros Tutelares, a eleição acontece na Escola José Sampaio do Lago na sede, não terá votação na zona rural, mas a prefeitura disponibilizar transportes.

Confira a rota:



1. Santa Luzia saída 08h00 (oito horas), retorno 12h00 (doze horas);

2. Volta - saída 08h00 (oito horas), retorno 12h00 (doze horas);

3. Nova Cruz - saida 08h00 (oito horas), retorno 12h00 (doze horas);

4 Jundiá - saida 08h00 (oito horas), retorno 12h00 (doze horas);

5. Angelim - saída 08h00 (oito horas), retorno 12h00 (doze horas);

6 São Joaquim - saída 08h00 (oito horas), retorno 12h00 (doze horas);

7 Rio-saída 08h00 (oito horas), retorno 12h00 (doze horas);

8 Nova Cruz/São Bento - saída 08h00 (oito horas), retorno 12h00 (doze horas).

Só será permitido o transporte de eleitores para as seções de votação, pelos veículos autorizados e disponibilizados pela Prefeitura Municipal de Macajuba- Bahia, devidamente credenciados e identificados.

Confira os nomes e números dos candidatos:








Sempre pautado em questionar aos órgãos públicos, Cristiano Silva fez algumas criticas no grupo Deixa Comigo Macajuba de WhatsApp e pediu esclarecimento por parte de Milessio, que é presidente do CMDCA em Macajuba.

Sobre a mudança da feira ele disse que as pessoas que faz feira em Nova Cruz ficarão livres para votar, a data é unificada as eleições para o Conselho acontece nessa data em todo o Brasil, já a questão de ter cidades que vota em 5 candidatos e ter cidade que vota em apenas 1 candidato como é o caso de Macajuba ele explicou que é a lei municipal e que todas as informações os Conselheiros Tutelar sabe e que a questão de divulgação nas mídias seria uma responsabilidade dos candidatos.






Publicidade

Dois jogos acontecem neste final de semana pelo Campeonato Municipal de Macajuba 2019

Fim de semana chegando e com ele muito esporte e bola na rede.



A bola começa a rolar pela competição já no sábado (05). A partir das 13 horas, teremos o confronto entre Palmeiras e AMF pelo grupo A. Um pouco mais tarde, às 15 horas, será a vez do Ajax dos Coroas enfrentar a equipe da Malhada Nova pelo grupo B. Tendência é de bom público no Estádio municipal para acompanhar as equipes que brigam pelos 3 pontos na classificação.




No domingo (06) não haverá jogos, devido a eleição do Conselho Tutelar 2019.

Publicidade

Após pressão da população divulgada no Deixa Comigo Macajuba gestão Mary e Murilo fez empresa obras de esgotamento sanitário consertar pavimentação de Ruas em Macajuba

Depois da matéria do Deixa Comigo Macajuba publicada em 19 de agosto de 2019, onde o vice-prefeito Murilo e o vereador Allison Santana ambos do MDB foram as ruas verificar de perto a situação e propôs reuniões que tomaram medidas sobre a forma desorganizada que estava sendo feitas as obras de esgotamento sanitário.


Na matéria postada falamos da pavimentação da cidade que ficou acabada, com muitos buracos, um péssimo serviço dificultando a vida de idosos cadeirantes e outras pessoas.


Nas ruas as pessoas pediam que a gestora Mary Dias, por ter um poder maior no município pudesse interver, pois a empresa estava destruindo a pavimentação.

Não se sabe se é a mesma empresa, mas nas Ruas é possível ver operários recuperando a pavimentação que foi danificada, como mostra essa foto exclusiva do Deixa Comigo Macajuba.




(Foto: Cristiano Silva/Deixa Comigo Macajuba)


Publicidade

Da política para a vida pessoal, Everaldo, Allison e Toi transformaram mais uma sessão em vergonha na noite desta quinta-feira (03)

(Foto e vídeos Tainá Souza/ Blog Deixa Comigo Macajuba)

Na noite desta quinta-feira, 03 de outubro de 2019, aconteceu mais uma sessão do legislativo, apesar de alguns projetos ter sido encaminhado para as comissões a sessão foi quente e lamentavelmente saindo da politica para a vida pessoal.

Quem começou falando foi o vereador Allison Santana (MDB), que rebateu algumas divulgações de Everaldo, pra aliviar os ânimos o edil ainda tentou comentar sobre algumas ações da gestão, inclusive o outubro Rosa.

Neto Macedo (PSB) falou sobre a chegada de uma viatura pra Macajuba e do evento da saúde dos olhos que acontecerá na terça-feira, 08 de outubro de 2019.

O vereador Isack Soares (PSD) fez críticas ao descaso da Casa de Farinha em Nova Cruz.

Quem comentou sobre a devolução do dinheiro para construção da Casa de Farinha em Nova Cruz, foi o vereador Ivan do MDB, que ainda fez comparação de Macajuba com outras cidades.

O Vereador Hugo Macedo (PSD), rebateu ao posicionamento de Ivan e falou sobre a denuncia que foi feita em relação a empresa de lixo no município.

Com um discurso descontrolado de Everaldo Macedo (PT) os assuntos pessoais voltaram a tona, termos como canalha e um tom de voz ameaçador o edil voltou a sair da politica do campo das ideias.

Netinho Xodó (MDB) falou do comprometimento da gestão Mary e Murilo e falou de uma realidade que os macajubenses não tem, o edil disse que quando é reclamando sobre uma lâmpada queimada no outro dia é trocada o que para os macajubenses Netinho foi infeliz em sua colocação.

Durante a fala da vereadora Vanda, que também defendeu a gestão comparando com outras cidades, Allison voltou a rebater a fala de Everaldo.

Quem também saiu da linha dando mau exemplo como presidente foi o vereador Adenor Brandão-Toi (MDB) saindo da linha da esfera política.

Veja os vídeos na integras com as falas e tire suas conduções:

                                                                           



                                                                           


















Publicidade

Publicidade Google

Publicidade Google