terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

Morre Asa Branca, o maior locutor de rodeios do país


Após um longo período de tratamento e luta contra um câncer iniciado na região da garganta, morreu no começo desta terça, 4, o locutor Asa Branca, de 57 anos. Ele estava internado no Icesp, em São Paulo, onde deu a última entrada há duas semanas. Chegou em uma ambulância alugada por sua mulher, Sandra dos Santos. Inconsciente, ele não poderia imaginar que seria ali o fim de um vai e vem entre casa e hospital vivido ao longo dos últimos dois anos. Waldemar Ruy Dos Santos batalhou contra um câncer metastático na região da garganta, diagnosticado quase três anos atrás. A doença avançou para o cérebro, língua e pescoço.
Meu último encontro com o Waldemar Ruy dos Santos ocorreu no começo da noite de 19 dezembro, uma quinta-feira. No quarto 1803 do 18º andar do Icesp. O maior locutor de rodeios da história do país estava deitado em uma das macas do quarto. De pijama, olhos fechados e corpo protegido por um cobertor azul-marinho, naquele momento pesava 55 quilos e tinha a pele branca – resultado de uma crise de calafrio. A memória seguia intacta.
Asa Branca puxou o primeiro assunto: estava emocionado porque um de seus cinco filhos com cinco mulheres diferentes, a Lara, havia acabado de deixar o quarto. A menina retornara de uma viagem ao Estados Unidos e, antes de ir para São José do Rio Preto, onde mora, quis passar no hospital. Pai e filha tiveram uma relação de admiração, mas sempre à distância. Asa não esteve em mais de três festas de aniversário da menina. Com o tumor metastático e o agravamento do estado de saúde, Lara quis vê-lo. Um pediu desculpa para o outro pelos eventuais tropeços da relação. “Fiquei emocionado. Estou me sentindo leve”, me disse Asa Branca.
Asa Branca com sua amiga Ingrid e o livro que foi lançado em São Paulo: ida e vindas do hospital Acervo Pessoal/VEJA

A visita foi um alento para um dia tumultuado. Pela manhã, as enfermeiras tentaram realizar uma broncoaspiração para tirar secreções do pulmão do paciente então com pneumonia. Tomada pelo câncer, a boca de Asa Branca não abria mais do que 2 centímetros. A tentativa foi em vão. Após dores e irritações, Asa Branca descobriu um câncer na garganta em março de 2017. À época, pesava 92 quilos. Ele chegou a fazer 33 sessões de radioterapia para debelar a doença. O câncer desapareceu por uns tempos, porém o tratamento deixou como sequela a perda total do paladar.
O homem que almoçava frango caipira três vezes por semana não distinguia mais o gosto de beterraba ou salmão. Entrou em processo de perda de peso e desânimo. O quadro se agravou em 2018, com a volta do tumor. Desta vez, na garganta, na língua, no pescoço e na cabeça. Asa Branca e sua esposa, Sandra, foram aos Estados Unidos tentar um tratamento novo. Não prosperou. Sentindo a morte se aproximar, ele quis retornar ao Brasil. Chegou pouco antes do fim de 2018.
O ano de 2019 foi bastante difícil, passado quase em sua totalidade dentro do apartamento de 60 metros quadrados alugado em Guarulhos. Ali, o homem outrora forte tomava doses cavalares de morfina para aplacar a dor. O diagnóstico dos médicos de que o caso era irreversível, que cirurgia ou quimioterapia não resolveriam, abalou o locutor. Diagnosticado com HIV há mais de dez anos e sobrevivente de uma criptococose, a doença do pombo, que o deixou seis meses internado e com um saldo de sete cirurgias na cabeça, ele sentiu que desta vez seria diferente.
Ao longo do ano, Asa Branca me ligou algumas vezes para falar estar pagando toda a dor que acredita ter causado aos animais. Queria pedir publicamente um perdão público. Foi quando, debilitado e com a voz fraca, marcou um encontro com a ativista Luisa Mell na Editora Abril, para falar sobre o assunto.
+ “No rodeio, o público se diverte às custas da dor dos animais”

Ao incentivar os maus-tratos em busca de fama, acredita Asa Branca, um castigo divino caiu sobre ele na forma da sucessão de problemas de saúde. “Estou pagando toda a dor que causei e incentivei os outros a causar nos bichos dos rodeios”, diz, com a dicção bastante prejudicada pelos tumores, sem um pingo de vestígio da voz potente que lhe garantiu sucesso e fortuna nos anos 90.

GLÓRIA E DOR - Os relacionamentos com famosas como Alexia Dechamps, Marília Gabriela e Isadora Ribeiro, o salto de helicóptero na arena e o encontro recente com Sérgio Reis: a queda ocorreu no mesmo ritmo da ascensão alucinante //Arquivo pessoal
Quando era aprendiz de peão, ele amarrava arame farpado em pneus para depois jogar no pescoço de cavalos. O sangue escorria pelas crinas enquanto os animais saltavam com dores. Após um tombo em que quebrou quatro costelas e perfurou o pulmão, mudou de ramo. Depois de uma temporada como imigrante ilegal no Texas, nos Estados Unidos, trouxe na mala um microfone sem fio.
O negócio era uma novidade na época no Brasil, e Asa Branca utilizou-o para começar a narrar os espetáculos dentro da arena, em vez de ficar em cima de um púlpito, como faziam seus concorrentes. Assim, seguuuraaaaa, peão!, revolucionou o ofício e tornou-se o mais famoso profissional do gênero no país, justamente no momento em que esses eventos começaram a ganhar musculatura e a se espalhar pelo território brasileiro, junto com o estouro da boiada da primeira leva de astros sertanejos. A glória ficou no passado.
Luisa Mell e Asa Branca em gravação no estúdio VEJA, em São Paulo: perdão Kaio Lakaio/VEJA
No quarto do Icesp em nosso último encontro, parte da conversa foi mantida com Asa Branca de olhos fechados. Ele estava visivelmente cansado. Havia recebido naquela dia o bilhete assinado pelo ex-governador Geraldo Alckmin, em visita ao hospital para ver um irmão internado. “Ele descansou”, diz Sandra, sobre a morte. Ela nenhum dia deixou o marido, que conheceu ainda na infância no jardim escolar, sozinho. “O Asa morreu em paz: pediu perdão a quem precisava e eu tenho a tranquilidade de ter feito tudo o que era possível”.
Ainda não há informações sobre o velório e o enterro.

Fonte: VEJA

Publicidade Atenção Macajuba e região . Chegou a Faculdade Cidade Verde. Com ensino semi presencial. Com aulas uma vez por semana. Com curso de graduação e pós graduação. - pedagogia - psicopedagogia - Educação fisica - letras com libras - administração Faça seu curso superior pertinho de casa . Mensalidades apartir de 180,00 Interessados procurar Professora Ana Rita . Contato: 75-99952-2811 Gestora Responsável : Márcia Cristina 75- 99118-8667 Site: unifcv.edu.br

Falha do Google enviou fotos de celulares para pessoas estranhas

Por e-mail, o Google está avisando alguns usuários de seu serviço Google Fotos que vídeos e fotos podem ter sido compartilhados com estranhos. De acordo com a mensagem, aqueles que baixaram imagens pelo aplicativo entre 21 e 25 de novembro do ano passado podem ter sido afetados pelo bug.
Durante esses dias, alguns vídeos teriam sido acidentalmente exportados para arquivos de usuários aleatórios. Até mesmo o conteúdo marcado como “Privado” pode ter sido enviado para outras pessoas. No entanto, apenas 0,01% dos usuários do Google Fotos foi afetado.
De acordo com o Google, o problema já foi corrigido e todos os possíveis atingidos devem ter recebido um e-mail de alerta. A sugestão da empresa é que o arquivo baixado durante os dias mencionados seja deletado, e um novo backup seja feito.
Como resultado da falha, o Google pode ser multado em até 4% do volume de faturamento anual de seus negócios. Isso caso as fiscalizações encomendadas pela União Europeia julguem que a empresa feriu a Lei Geral de Proteção e Dados.

Fonte: Veja



Publicidade Atenção Macajuba e região . Chegou a Faculdade Cidade Verde. Com ensino semi presencial. Com aulas uma vez por semana. Com curso de graduação e pós graduação. - pedagogia - psicopedagogia - Educação fisica - letras com libras - administração Faça seu curso superior pertinho de casa . Mensalidades apartir de 180,00 Interessados procurar Professora Ana Rita . Contato: 75-99952-2811 Gestora Responsável : Márcia Cristina 75- 99118-8667 Site: unifcv.edu.br

Queimar lixo em casa é crime, vereador de Macajuba fez apelo durante sessão da Câmara


No final do ano passado (2019) ao usar a tribuna da Câmara Municipal de Macajuba, o vereador Allison Santana(MDB) fez um discurso coerente pedindo o apelo de toda a comunidade para não realizar queimadas de lixo dentro da área urbana e pediu o apoio da prefeita Mary para viabilizar e ajudar no combate a essa pratica, o edil atendeu o pedido de muitos munícipes que havia procurado ele e o Blog Deixa Comigo Macajuba.

(Foto: Arquivo Deixa Comigo Macajuba)



Em janeiro de 2017, o Deixa Comigo Macajuba já havia feito uma matéria sobre o assunto.

(Foto enviada por internauta)


Em muitas cidades as pessoas têm o hábito de colocar fogo em lixos e entulhos domésticos. E, devido esse costume, elas pensam que não tem problema algum fazer isso. Ocorre porém, que essa prática é CRIMINOSA. A Lei de Crimes Ambientais, nº 9.605 de 1998, em seu artigo 54, descreve: “Causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora”. Assim, queimar o lixo doméstico, emite poluição na forma de fumaça e, pode destruir vegetação próxima e ainda causar a morte de animais que ocupem as redondezas.

Queimar qualquer coisa, com o propósito de se livrar dela e/ou dos inconvenientes por ela causados, gerando poluição, causando ou podendo causar danos à saúde humana, é crime, na medida em que infringe o artigo 54 citado acima. E a pena para esse crime é reclusão, de um a quatro anos, e multa. Caso o crime seja considerado culposo (ou seja, a pessoa poluiu sem que tivesse a intenção de poluir), a pena será a detenção, de seis meses a um ano, e multa. E, se a pessoa causar a queima, por ato de vandalismo ou com finalidade econômica, gerando poluição, também é crime.

Queimar capim, grama, galhos, folhas, madeira, troncos, qualquer coisa, mesmo sendo naturais, a fumaça é, sempre, prejudicial, e, até, fatal. A queima de vegetais produz fumaça que provoca inflamações nas vias aéreas; gases e substâncias irritativas e, até, geradoras de câncer. Cito como exemplo, o ocorrido na cidade de Campinas, onde duas pessoas faleceram logo após respirarem fumaça da queima de capim.

Mesmo o quintal sendo de propriedade particular, o ar, a atmosfera é um bem de uso comum de todos.

Então como fazer com o lixo doméstico? Tem alguns meios corretos de se desfazer do mesmo, por exemplo: 1) uma das alternativas para evitar a grande quantidade do lixo domiciliar é a separação de matérias como papel, vidro, metal e plástico, que depois podem ser reciclados; 2) enterrar o lixo em cova rasa, pois assim ocorre a oxigenação e a decomposição para fertilizar o solo; 3) usar o lixo orgânico em compostagem; 4) se forem em pequenas quantidades, os ramos podem ser quebrados e ensacados junto com as folhas para o lixeiro levar; se o lixo for em grande quantidade, contrate uma caçamba.

Outro ponto importante é não jogar lixo em terrenos baldios, áreas verdes ou matas, para evitar a possibilidade de queimadas espontâneas e não jogar bitucas acesas de cigarro em locais onde há lixo, folhas secas ou mato, principalmente da janela do carro em movimento e em estradas. Deste ato negligente e descuidado pode resultar um incêndio de dimensões incalculáveis!

Caso você presencie alguém colocando fogo em lixo, converse com a pessoa e a informe que a prática é criminosa.

Se a pessoa não quiser colaborar, você pode fazer uma denúncia para a Delegacia ou para a Secretaria de Meio Ambiente do Município.




Publicidade Atenção Macajuba e região . Chegou a Faculdade Cidade Verde. Com ensino semi presencial. Com aulas uma vez por semana. Com curso de graduação e pós graduação. - pedagogia - psicopedagogia - Educação fisica - letras com libras - administração Faça seu curso superior pertinho de casa . Mensalidades apartir de 180,00 Interessados procurar Professora Ana Rita . Contato: 75-99952-2811 Gestora Responsável : Márcia Cristina 75- 99118-8667 Site: unifcv.edu.br

Madrugada de chuva em Macajuba, serviços maus feitos da obra de esgotamento na cidade causa transtornos, confira mais informações da trovoada





Na madrugada desta terça-feira, 04 de fevereiro de 2020, a chuva caiu em todo município de Macajuba, devido aos trovões teve oscilações de energia e internet.

No sitio há 3 km de Macajuba a chuva chegou a 103 milímetros.

Na sede, a pavimentação soltou em alguns lugares a exemplo da Rua Tenente Reginaldo Pedreira (Vai Quem Quer) isso por conta do serviço mau feito pela empresa de Esgotamento Sanitário.




No loteamento Milton Cardoso, um serviço mau feito também da referida empresa causou alagamento em algumas casas.



Em contato com Joelson responsável pelo setor da prefeitura de Macajuba, ele disse que mesmo sendo culpa da empresa, ainda essa semana ele irá fazer o reparo para evitar esse alagamento nas casas.

Vale lembrar que a empresa responsável pelo serviço, abandonou Macajuba deixando alguns débitos, onde alguns casos foram parar na justiça.

Nas redes sociais, internautas comentam que faltou fiscalização por parte do poder público, diversas reuniões foram feitas, mas a empresa responsável deixou a cidade no caos.

Ainda sobre a chuva que caiu nesta madrugada, trouxe alivio para o homem do campo, nas proximidades da Fazenda Retiro choveu 25 milímetros.

Já no Jundiá esta imagem enviada pela internauta mostra o estado que ficou a estrada.


Este vídeo divulgado pelo internauta mostra o clima chuvoso no distrito de Nova Cruz.


A meteorologia prever mais chuvas em Macajuba



Veja o nosso Menu Previsão do Tempo clicando Aqui.




Publicidade Atenção Macajuba e região . Chegou a Faculdade Cidade Verde. Com ensino semi presencial. Com aulas uma vez por semana. Com curso de graduação e pós graduação. - pedagogia - psicopedagogia - Educação física - letras com libras - administração Faça seu curso superior pertinho de casa . Mensalidades a partir de 180,00 Interessados procurar Professora Ana Rita . Contato: 75-99952-2811 Gestora Responsável : Márcia Cristina 75- 99118-8667 Site: unifcv.edu.br

“Acidentes acontece, mas cercear a imprensa só por cima do meu cadáver” diz comunicador após nota emitida pelo vice-prefeito de Macajuba



Após a matéria do Deixa Comigo Macajuba sobre o incidente na manhã desta terça-feira, 04 de fevereiro de 2020, envolvendo a caminhonete branca do vice-prefeito Murilo, onde atingiu e danificou o muro do Laboratório de Análises Clinica.

O vice-prefeito, emitiu uma nota no concorrente direto do Deixa Comigo Macajuba atacando o veiculo de comunicação de maior expressão no município.

A nota diz:

“Veículo não foi retirado da cidade. O muro será consertado por minha pessoa. Não haverá prejuízo ao setor público. Acidentes acontecem. Graças a Deus nenhum prejuízo maior.”



Após a nota imagens enviadas por internautas mostram que o muro já começou ser refeito.





Sobre a nota do vice-prefeito Murilo, o comunicador Cristiano Silva, que é editor chefe do Deixa Comigo Macajuba, escreveu:



“Acidentes acontecem, mas não vamos admitir que o vice prefeito Murilo venha cercear a imprensa, não teve fake News, o veiculo foi retirado da sede sendo levado para uma de suas fazendas, segundo relatos de internautas, para não ser mostrado na imprensa, fake News seria dizer que o carro bateu por causa da chuva e que ninguém sabia quem foi o motorista, por tanto não recuaremos a ataques e represália nem do vice-prefeito Murilo nem de quem quer que seja, onde já chegaram a deixar nossa Rua quase 2 anos no escuro e outras tentativas, mas vamos seguir firme mostrando os fatos, cercear a imprensa só por cima do meu cadáver.”






Publicidade Atenção Macajuba e região . Chegou a Faculdade Cidade Verde. Com ensino semi presencial. Com aulas uma vez por semana. Com curso de graduação e pós graduação. - pedagogia - psicopedagogia - Educação fisica - letras com libras - administração Faça seu curso superior pertinho de casa . Mensalidades apartir de 180,00 Interessados procurar Professora Ana Rita . Contato: 75-99952-2811 Gestora Responsável : Márcia Cristina 75- 99118-8667 Site: unifcv.edu.br

Ofertas no mês do carnaval é na Center Móveis



Fevereiro é o mês de festa, É mês de comprar barato

No Carnaval de ofertas das lojas Center Móveis e Eletros.

Tudo em até 10 vezes sem juros, confira a folia de preços baixos:

- Cozinha Burguesa, de madeira, 3 peças: Mensais de 129,90

- Cozinha Rubi, de aço, 3 peças: Mensais de 79,90

- Mesa Nicole com 4 Cadeiras acolchoadas: Mensais de 35,90

É tudo em até 10 vezes sem juros.

Visite uma das lojas Center Móveis e Eletros e confira que Só quem é Especialista em Móveis Vende mais barato.

Tem maior qualidade e tem a maior variedade.





Fones: Celular e zap 74 998161465 ou fixo (74) 32592329

Conheça nosso site:

www.centermoveiseeletros.com.br



Rua Frederico Costa (Tomba) Macajuba Bahia



Publicidade Atenção Macajuba e região . Chegou a Faculdade Cidade Verde. Com ensino semi presencial. Com aulas uma vez por semana. Com curso de graduação e pós graduação. - pedagogia - psicopedagogia - Educação fisica - letras com libras - administração Faça seu curso superior pertinho de casa . Mensalidades apartir de 180,00 Interessados procurar Professora Ana Rita . Contato: 75-99952-2811 Gestora Responsável : Márcia Cristina 75- 99118-8667 Site: unifcv.edu.br

Caminhonete de vice-prefeito de Macajuba danifica muro de Laboratório de Analises Clínicas



Por volta de 8:00 horas da manhã desta terça-feira, 04 de fevereiro de 2020, chegou a informação na redação do Deixa Comigo Macajuba, que a caminhonete do vice-prefeito Murilo, atingiu e danificou o muro do Laboratório de Análises Clínicas.

De acordo com informações de internautas, o veículo estava parado em frente a residência de Gilvan, que é responsável pelo setor de iluminação da prefeitura, provavelmente a marcha estava desengrenada ou alguma falha desengrenou e o veiculo desceu atingindo o muro, por sorte ninguém passava pelo local.

De acordo com internautas o veiculo foi retirado da cidade, após o ocorrido.

O carro é usado pelo senhor Gil para troca de lâmpadas na cidade e também é usado para o som em festas e já foi motivo de denuncia na Câmara pelo vereador Everaldo Macedo (PT)






Da Redação Deixa Comigo Macajuba.


Publicidade Atenção Macajuba e região . Chegou a Faculdade Cidade Verde. Com ensino semi presencial. Com aulas uma vez por semana. Com curso de graduação e pós graduação. - pedagogia - psicopedagogia - Educação fisica - letras com libras - administração Faça seu curso superior pertinho de casa . Mensalidades apartir de 180,00 Interessados procurar Professora Ana Rita . Contato: 75-99952-2811 Gestora Responsável : Márcia Cristina 75- 99118-8667 Site: unifcv.edu.br

Publicidade Google

Publicidade Google